Fale conosco

O que vc está procurando?

Autoconhecimento

Conheça as Leis Herméticas e entre em sintonia com o fluxo da vida

mulher com traços coreanos em fundo azul
Essas leis irão ajudar suas escolhas - Foto: Shutterstock

E se fosse possível desvendar as leis que regem o universo? Chegar a esse denominador comum de como as coisas funcionam e viver em harmonia com ele não poderia facilitar a vida? Afinal, há certas coisas que não podemos mudar, cabendo a nós compreender, aceitar e aprender a lidar com isso, não é verdade? Conheça um pouco mais sobre os significados das Leis Herméticas.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO

A decodificação dos princípios que estruturam o universo faz parte da obra do filósofo e legislador egípcio Hermes Trismegistos que teria vivido entre os anos de 1.500 a.C a 2.500 a.C.

Há quem defenda que a grandeza do conhecimento de Hermes Trismegisto se deve ao fato de ele ter sido um remanescente de Atlântida. Apesar das inúmeras especulações em torno dessa figura, é inegável que sua obra influenciou muitas escolas filosóficas em todo o mundo.

Por que compreender as Leis Herméticas?

Os tópicos descritos nas Leis Herméticas abordam princípios universais, simples e verificáveis na natureza. Portanto, são uma ferramenta de observação e compreensão do fluir da vida e seus movimentos.

Quando não se está em consonância com essas leis, é natural que se perceba a vida desajustada, em um processo diferente de um fluxo harmonioso.

Vale ressaltar que não se trata de seguir a lei e ser punido caso não o faça. Mas, sim, de perceber “a música que o universo toca” e dançar conforme ela. Ou seja, aprender a fazer escolhas de maneira mais sábia e assertiva em nome da felicidade.

Conheça as Leis Herméticas

Lei do Mentalismo

“O Todo é Mente; o Universo é mental.”

De acordo com esta lei, o funcionamento do universo é o como o funcionamento de um pensamento divino. A criação é resultado da ideia de uma mente divina. Portanto, o universo é como uma grande consciência, algo que se pensa. E tudo está ligado a essa mente divina, detentora de todo conhecimento.

Lei da Correspondência

“O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima.”

Esta lei trata da mudança de perspectiva conforme a mudança de referencial. Alerta para o fato de que focar a atenção no microcosmo não permite que se perceba o macrocosmo que nos rodeia. Além disso, afirma que o que é verdadeiro no macro também é verdadeiro no micro e vice-versa.

Lei da Vibração

“Nada está parado, tudo se move, tudo vibra.”

Tal lei apresenta o princípio de que todas as coisas possuem um regime de vibração próprio e nada está estagnado. Portanto, a natureza do universo é o movimento. Mesmo que a matéria pareça rígida ou em repouso, em um nível molecular está em vibração.

Lei da Polaridade

“Tudo é duplo, tem dois pólos, tudo tem seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliados.”

Esta é uma das Leis Herméticas que fala da dualidade da manifestação, aprofundando em uma concepção de que os opostos são idênticos, posicionados apenas em extremidades diferentes, ou seja, variando em graus de intensidade.

Lei do Ritmo

“Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés, tudo sobe e desce, o ritmo é a compensação.”

Esta lei assegura que tudo no universo é cíclico e que, por sua vez, os ciclos são formas de complementação, em um movimento de expansão e contração, criação e destruição. Tudo se compensa naturalmente.

Lei do Gênero

“O gênero está em tudo; tudo tem seu princípio masculino e feminino; o gênero se manifesta em todos os planos da criação.”

Não se trata do gênero físico. Esta lei aborda a existência de uma energia receptiva e outra projetiva, assim como os princípios de atração e repulsão. Essas energias dependem uma da outra para existirem e são os pólos necessários para a criação, pois nenhum pólo é capaz de criar sem o outro.

Lei de Causa e Efeito

“Toda causa tem seu efeito; todo efeito tem sua causa; existem muitos planos de causalidade, mas nenhum escapa à Lei.”

Também conhecida como lei do carma, aborda a inexistência do acaso que, por sua vez, seria apenas algo do qual desconhecemos a origem. Esta é uma das Leis Herméticas que reforça a ideia de que cada um tem responsabilidade pelos acontecimentos de sua vida.

Texto: Bia Albuquerque (@biaaterapeuta), terapeuta energético-espiritual, humanoterapeuta, psicanalista espiritualista, facilitadora do Círculo da Vida e ledora de baralho terapêutico

Leia também:

Encare os desafios como oportunidade e comande o agora

Entenda como o medo prejudica sua aura e deixa você vulnerável

Compreenda o que há por trás da traição e descubra como nunca ser traído

Leia Também

Autoconhecimento

Você sabia que as emoções guiam a sua vida?

Tarot

Confira como entender melhor o arcano menor 6 de Espadas que nos convida a olhar melhor para onde estamos indo

Autoconhecimento

Jonas Masetti, Acharya e Fundador do Vishva Vidya, contou sobre sua trajetória em busca de mais autoconhecimento e propósito

Autoconhecimento

Jonas Masetti, Acharya e Fundador do Vishva Vidya, fala como a cultura milenar indiana enxerga os sentimentos e as sensações