Fale conosco

O que vc está procurando?

Autoconhecimento

Desequilíbrios dos chakras podem ser tesouros do autoconhecimento. Entenda!

chakras
Entenda seus chakras (Foto: Shutterstock)

Quando o assunto é energia e bem-estar, é comum que os chakras — e seus desequilíbrios — sejam uma das primeiras coisas nas quais as pessoas pensem. Apesar de serem tão famosos, esses vórtices de energia são um indicativo de questões mais profundas que podem estar afetando o indivíduo.

Um chakra em desequilíbrio indica que há falta ou excesso de energia em determinadas partes do corpo relacionadas a ele. E, caso essa energia permaneça desregulada por certo período de tempo, pode levar à distúrbios no corpo físico.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO

Efeito analgésico

Dessa forma, como os chakras são indicadores de uma falta ou excesso de energia, trabalhar apenas no sentido de equilibrá-los será como tomar um analgésico, ou seja, não irá agir na causa do problema.

Mesmo que na hora tudo se estabilize, como a causa permanece existindo, rapidamente o chakra estará desequilibrado de novo.

E a tendência é piorar: como os chakras são conectados entre si como uma grande engrenagem, o natural é que o desequilíbrio de um deles afete os outros. Se esse processo perdurar por mais tempo, é bem possível que se instale um processo de desordem espiritual.

Ponto principal

Por isso, a grande sacada é identificar e trabalhar naquilo que está causando o desequilíbrio dos chakras.

Geralmente, esse motivo está relacionado a um padrão emocional que influencia no campo vibracional da pessoa, manifestando a falta ou excesso de energia no corpo físico ou vida física.

E como fazer para identificar essa causa, esse padrão emocional?

As respostas do corpo físico aos desequilíbrios de cada um dos principais chakras são valiosas pistas para descobrir o padrão emocional que pode ter desencadeado esse processo. Confira a seguir:

CHAKRA BÁSICO

Localizado na região do períneo, é representado pela cor vermelha. Absorve a energia da Terra, que gera a vida física e confere vontade de viver.

Resposta do corpo físico ao desequilíbrio: fraqueza, fadiga, repressão ou excesso de atividade sexual, anemia, hemorroida, insuficiência renal, resfriado, paralisia, pressão arterial descontrolada, dores lombares e melancolia.

Padrão emocional: ideias megalomaníacas, dificuldade de execução e foco, egocentrismo, confusão mental, paixões arrebatadoras, insatisfação, imprecisão, extravagância, violência e conflitos internos.

CHAKRA SACRO

Localizado cerca de dois dedos abaixo do umbigo, é representado pela cor laranja. Possui ligação com sexualidade e criatividade e é responsável pela vitalidade do corpo duplo-etérico.

Resposta do corpo físico ao desequilíbrio: problemas sexuais, hormonais e de menstruação, baixa na vitalidade,infertilidade, dificuldade para concretização, doenças no pâncreas, vesícula, rins e bexiga.

Padrão emocional: manipulação de energia, medo, impotência emocional e física, tristeza, inveja, isolamento, excesso de crítica, frieza, orgulho, ódio, raiva, egoísmo, pouca vitalidade, negação, distração e dominação pela sedução.

CHAKRA PLEXO SOLAR

Localizado entre o umbigo e o estômago, é representado pela cor amarela. Está relacionado às emoções inferiores, ao conhecimento e às polaridades energéticas (positivo e negativo).

Resposta do corpo físico ao desequilíbrio: ansiedade, diabetes, má digestão, cálculos na vesícula, toxinas e problemas de assimilação.

Padrão emocional: apego e amor ciumento, egoísmo, humilhação pelo poder, ira, timidez, intransigência, isolamento, preconceito, enganos, não conseguir dirigir a vida e cólera.

CHAKRA CARDÍACO

Localizado no centro do peito, é representado pela cor verde. Está ligado às emoções superiores, como o amor.

Resposta do corpo físico ao desequilíbrio: angústias, dores de cabeça, doenças cardíacas, problemas em veias e vasos, distúrbios circulatórios e na pressão, problemas pulmonares, asmas, bronquites, depressões e constipação intestinal.

Padrão emocional: incapacidade de amar e se emocionar, falta de autoestima, frieza, depressão, desespero, inferioridade, insatisfação, indiferença e desprezo.

CHAKRA LARÍNGEO

Localizado no centro da garganta, é representado pela cor azul clara. É responsável pela manifestação das ideias divinas na Terra, por meio da comunicação.

Resposta do corpo físico ao desequilíbrio: dores de garganta, distúrbios da fala, problemas nas pregas vocais, laringite, faringite, problemas de tireoide e paratireoide, doenças mentais, depressão, problemas nos dentes e na coluna cervical, fobias e doenças nervosas.

Padrão emocional: fala excessiva, má intenção, deboche, depreciação de sentimentos, racionalismo, manipulação pela intelectualidade, excesso de críticas, mentalidade retrógrada, pobreza de espírito, preconceitos e falta de respeito.

CHAKRA FRONTAL

Localizado no centro da testa, é representado pela azul índigo. Possui ligação com a expressão da personalidade, liderança, intuição e percepções.

Resposta do corpo físico ao desequilíbrio: problemas nos olhos, cegueira, catarata, enxaqueca, rinite, sinusite, alergias, problemas de ouvido, surdez, insanidade, depressão, insônia e rigidez.

Padrão emocional: intolerância, teimosia, obsessão, egoísmo, maldade, manipulação, autoindulgência, dogmatismo, dominação, formalidade, arrogância, medo e perda de fé.

CHAKRA CORONÁRIO

Localizado no alto da cabeça, é representado pela cor violeta ou branca. Conecta com a espiritualidade e é responsável pelo processo de iluminação.

Resposta do corpo físico ao desequilíbrio: depressão, envelhecimento precoce, problemas imunológicos, insônia, problemas endócrinos, tumores, inflamação dos nervos e problemas nos ouvidos e nos olhos.

Padrão emocional: dor da alma, desconexão com o projeto de vida, angústia pelo não entendimento da dimensão espiritual, separação, autopiedade, desencanto, sofrimento, insanidade e negativismo.

Como sair dessa?

Uma mudança do padrão vibracional e emocional do indivíduo é o caminho para reverter a situação. Entretanto, como geralmente um quadro de bloqueio energético já está estabelecido, querer mudar somente pelo esforço próprio não é o suficiente, pois, devido a esse bloqueio, a pessoa não consegue fazer aquilo que sabe que precisa ser feito.

Por isso, é necessário um tratamento que atue no desfazimento desses bloqueios. Esse é o objetivo da Metodologia Humanoterapeuta. Esse trabalho permite a retomada do fluxo energético, para que se alcance um novo padrão vibracional e a vida tenha mais plenitude.

Texto: Bia Albuquerque (@biaaterapeuta), humanoterapeuta, psicanalista espiritualista, facilitadora do Círculo da Vida e ledora de baralho terapêutico

Leia também:

5 sinais de que você não está respeitando a sua essência

Você não é o que vê no espelho! Conheça os 7 corpos do ser humano

Autossabotagem: 10 mecanismos que fazem você puxar seu próprio tapete

Leia Também

Autoconhecimento

Conheça o princípio hermético do mentalismo que traz a mente como o caminho necessário para atingirmos a plenitude na vida

Autoconhecimento

Você sabia que as emoções guiam a sua vida?

Tarot

Confira como entender melhor o arcano menor 6 de Espadas que nos convida a olhar melhor para onde estamos indo

Autoconhecimento

Jonas Masetti, Acharya e Fundador do Vishva Vidya, contou sobre sua trajetória em busca de mais autoconhecimento e propósito