Geral

Está tendo muitos pesadelos? Entenda o motivo e saiba como melhorar o sono

Por Julia Abud 15/04/2020 ÀS 12H31
Uma boa noite de sono melhora o humor, ajuda nas dores de cabeça e faz bem para a mente Uma boa noite de sono melhora o humor, ajuda nas dores de cabeça e faz bem para a mente - Foto Pexels

A internet está repleta de relatos de internautas que estão tendo sonhos mais lúcidos - e ruins - durante a noite. Esses sonhos - ou pesadelos -aumentaram após a instauração do período da quarentena; o que nos leva a acreditar que a pandemia do novo Coronavírus tem relação direta com esses incidentes noturnos.

Você está passando por essa mesma situação? Então confira o que pode estar motivando esses sonhos e como melhorar a qualidade do sono. 

Sonhos lúcidos e pesadelos

Ficar tanto tempo dentro de casa - principalmente sozinho -, lendo notícias e vendo conteúdos acerca da pandemia, são fatores que afetam a qualidade do sono. Além disso, a quarentena mudou a rotina de todas as pessoas e essa mudança também atinge as noites de descanso.

Graças ao isolamento, muitas pessoas estão indo dormir mais tarde, o que atrasa as tarefas do dia seguinte. Esse efeito pode gerar ansiedade e estresse, sobretudo pela dificuldade em acertar os horários para dormir, acordar, trabalhar e ficar com a família.

A ansiedade sentida durante o dia, aliada à leitura demasiada de notícias sobre números de vítimas da Covid-19, ajuda a aumentar a ocorrência de pesadelos - sobretudo aqueles relacionados a doenças e à morte. A mente é capaz de exibir, durante o sono, os medos, receios e preocupações que nos afligem mesmo quando estamos acordados.

Outro motivo para ter mais sonhos lúcidos é que, ao longo da noite, passamos por um estágio do sono chamado REM; uma sigla em inglês que significa “movimento rápido dos olhos”. Essa fase dura entre 90 e 120 minutos e, nesse momento, nossa atividade cerebral fica parecida com a de quando estamos acordados. E é nessa hora que os sonhos mais complexos e lúcidos acontecem.

Nossa rotina mudou drasticamente desde o começo da quarentena e o horário de sono ainda não está bem definido para muitas pessoas. Dormir mais faz com que tenhamos mais ciclos REM, graças à maior duração do sono. Também aumentam as chances de acordar durante esse ciclo e, quando isso acontece, a probabilidade da pessoa lembrar do que sonhou é grande.

Não conseguir dormir bem causa um grande transtorno físico e mental. O primeiro sintoma é o cansaço; qualquer atividade que precisa ser feita após uma noite mal dormida torna-se um sacrifício. Em muitos casos, a pessoa não consegue ser produtiva, tem perda de memória e não é capaz de terminar até simples tarefas diárias. Além disso, ela pode ficar mais irritada e propensa ao nervosismo. 

Como melhorar a qualidade do sono?

O primeiro passo é estabelecer um horário fixo para dormir e acordar. Essa atitude fará com que o cérebro saiba identificar a hora certa para começar a desligar.

Falando em desligar, não utilize o celular nos seus horários de sono - nem algum tempo antes! Isso porque a luz da tela inibe a produção de melatonina, responsável pela sensação de relaxamento que ajuda no processo do sono. Além disso, a leitura de mensagens e notícias nesse momento da noite ajuda o corpo a despertar e deixa a mente ansiosa. O ideal é deixar o celular de lado pelo menos duas horas antes de ir dormir!

Procure não tirar sonecas durante o dia para não perder o sono quando for dormir. Em contrapartida, busque praticar atividades físicas para que o corpo tenha perda de energia, ajudando, assim, a indução do sono. Outra dica é tomar pelo menos 15 minutos de sol da manhã todos os dias e deixar o ar fresco circular pela casa para revigorar o ambiente.

Depois das 17h, procure não consumir mais nenhum produto que contenha cafeína, como café, chás e refrigerantes. Tente relaxar o máximo possível. Atividades como meditação, técnicas de respiração e yoga são ótimas aliadas para manter o corpo e a mente mais tranquila. Músicas calmas e sons da natureza também ajudam a relaxar o corpo e o preparar para dormir mais rapidamente.

Mesmo que ficar em casa seja "bom" para dormir tarde, não abuse dessa liberdade. Tente agir como se estivesse na sua rotina normal e lembre-se que assistir um episódio a mais da sua série afetará toda a sua programação do dia seguinte. Não deixe que isso aconteça!

Se sentir que a qualidade do sono não está melhorando, procure um especialista para compartilhar esses problemas e, assim, encontrar uma solução específica para o que você está passando.

LEIA TAMBÉM:

01946