Fale conosco

O que vc está procurando?

Tarot

Temporada de Gêmeos: use a energia do tarot para ter sucesso no amor

O arcano “Os Enamorados” traz uma reflexão sobre como podemos ter mais sucesso no amor, aproveitando a temporada de Gêmeos

carta the lovers do tarot em fundo roxo
Veja o que o tarot reserva para o Sol em Gêmeos - Foto: Shutterstock

A temporada de Gêmeos começa neste domingo, dia 21/05, e, no tarot, a carta desse signo pode indicar os primeiros passos para aprendermos a conviver com as lembranças ruins e parar de recriar a mesma história.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO

Pra falar de amor de verdade

Começo esse texto lembrando de uma música chamada “Duas Metades”, da dupla Jorge e Mateus. Sobre a relação da temporada de Gêmeos e seu arcano correspondente no tarot, a carta dos Enamorados, que pode até parecer muito bonitinha, mas que não é tão emotiva quanto o nome sugere e não fala bem sobre o amor como estamos acostumados.

Por isso, ela pode ser uma ótima dica, pois nos ajuda a compreender um pouco mais sobre esse sentimento. 

Os Enamorados e o signo de Gêmeos

A simbologia do arcano Os Enamorados pode parecer um tanto complexa. Nos decks de tarot mais tradicionais, vemos o que parece a referência bíblica de Adão e Eva no paraíso. Essa passagem acabou sendo muito utilizada para transferir medo e temor sobre nós, pois relacionaram diretamente o pecado e o castigo como modo de controle. Contudo, vamos aproveitar essa temporada de Gêmeos e fazer o que esse trânsito astrológico e o que esse arcano o tarot nos pede? Buscar novas informações, perspectivas, expandir o nosso conhecimento para mudar a nossa vida.

Adão e Eva no tarot: um jeitinho diferente

Uma das coisas que podemos encontrar nas passagens bíblicas é sobre o valor da sabedoria e que com ela vem grandes responsabilidades. Afinal, quanto mais sabemos, mais coisas podemos fazer e, consequentemente, maior será o impacto dos nossos atos na vida de outras pessoas e no mundo. Inclusive, existe um capítulo só sobre isso chamado Eclesiastes, que foi escrito pelo homem mais sábio e mais rico que já passou pela Terra – o Rei Salomão. Pois bem, ele diz – “A sabedoria é melhor do que o dinheiro. A vantagem da sabedoria é que ela conserva a vida da gente”

Por isso, quando sabemos de algo, ficamos inquietos para obter resultados em cima disso. Utilizamos do conhecimento, transformando-o em sabedoria e, melhorando a nossa vida, nos deparamos com aborrecimentos e sofrimentos.  Ou seja, a sabedoria tem um preço e essa é a prática ou a culpa.

Paraíso ou conhecimento?

Adão e Eva quando estavam no paraíso tinham tudo, não havia necessidade de conhecerem nada – somente desfrutarem de todas as dádivas que tinham. Foram orientados a não comerem de um único fruto, símbolo do conhecimento (vale dizer que em nossa história, não muito antigamente, o acesso ao conhecimento era coisa restrita aos governantes). Movidos pela curiosidade do que era o tal conhecimento, Adão e Eva escolheram comer o fruto proibido e adquiriram o conhecimento, mas sem a prática, não significa nada, só gera aborrecimentos e sofrimentos como vimos anteriormente. 

Para que tivessem resultados, era preciso usá-lo, praticá-lo e transformá-lo em sabedoria, o que seria impossível fazer estando no paraíso, pois lá tinham tudo – “Por isso o Senhor Deus expulsou o humano do jardim do Éden e fez com que ele cultivasse a terra da qual havia sido formado”.

Transmutação nas temporada de Gêmeos

No tarot, o arcano “Os Enamorados” está relacionado com a nossa capacidade de transmutação de dois atributos que todo ser humano possui e que estão relacionados na Astrologia por Marte, que representa a nossa , e por Vênus, os nossos prazeres. Ao trabalharmos em nós esses dois (ação e prazer), viabilizamos o nosso desenvolvimento pessoal e moral pela busca por conhecimento e racionalidade – que na Astrologia é a representação do signo de Gêmeos e seu regente planetário Mercúrio.

Usando seu conhecimento para ter sucesso no amor

Podemos claramente aplicar essa história de Adão e Eva em nosso processo de individuação e das fases criança, adolescência e adultos, quando saímos da casa dos nossos pais (o paraíso) em busca de viver a vida do nosso modo. Mas, sem dúvidas, já saímos condicionados a uma perspectiva de vida e carregamos todos os aprendizados que tivemos no sistema familiar.  

Os nossos pais ou aqueles que nos criaram foram a nossa primeira referência de um relacionamento. A primeira etapa da aplicação desse conhecimento é entender como realizar o divórcio íntimo para facilitar o nosso processo de individuação. Por isso, nos conscientizar da visão que criamos sobre o que é um relacionamento amoroso, através desse sistema, é muito importante. 

O que você pensa sobre o amor? 

Além disso, você pode estar aplicando sua visão de três maneiras, são elas: 

1 – por adoção – quando adotamos de forma espontânea os mesmos comportamentos que os nossos pais, provando assim uma certa lealdade; 

2 – rebelião, quando agimos de modo totalmente diferente, mas vivenciamos um conflito interno onde em alguns momentos, o comportamento adotado internalizado vem à tona; 

3 – por transcendência, quando os comportamentos negativos são ultrapassados sem conflitos ou sentimentos ruins. Lembrando que por trás de todas essas maneiras, há o desejo de sermos reconhecidos e amados, são formas diferentes de provar o nosso amor e nos sentir pertencentes ao nosso sistema.

Mapear esses comportamentos e também buscar oportunidades para criar uma nova história é outro processo fundamental, pois quando deixamos de viver novas experiências, deixamos de criar novas memórias e alimentar o que é responsável por dar a base ao nosso processo de criação e imaginação para construir um futuro diferente.

Sentimentos cultivados

Dois principais sentimentos devem estar conectados fortemente nesse processo: a aceitação, pois tudo o que já aconteceu é uma realidade impossível de ser alterada. E o auto perdão, pois certamente vamos encontrar aspectos em nós que não são tão fáceis de aceitar, mas que fazem parte da construção da nossa personalidade, e que podem ser trabalhados a fim de fortalecer uma visão mais positiva sobre nós mesmos.

Felipe Bezerra é Tarólogo, Astrólogo e Terapeuta Holístico na Origem Therapias.

Instagram: @origemtherapias

Site: https://www.origemtherapias.com.br/

Leia Também

Astrologia

Descubra se os signos de Gêmeos e Leão dão uma boa combinação amorosa ou se é desastre na certa, de acordo com o João...

Astrologia

O trânsito mais aguardado do ano. Descubra com a equipe João Bidu quais são os signos que podem ter mais abundância com a chegada...

Simpatias

As vibrações são favoráveis para quem busca crescimento. A equipe João Bidu te ajuda a prosperar com os rituais de Júpiter em Gêmeos

Tarot

O planeta da prosperidade entra em destaque esta semana. Veja o que o tarot diz sobre a entrada de Júpiter em Gêmeos