Fale conosco

O que vc está procurando?

Tarot

Consulta de tarot: dicas fundamentais para ter as respostas que busca

Confira dicas fundamentais para ter uma consulta de tarot mais assertiva, levando em consideração a diferença de tarólogo e cartomante

mulher segurando um baralho de cartas de tarot com velas na frente
Entenda como se preparar para uma consulta - Foto: Shutterstock

Com o aumento das buscas por uma consulta de tarot e também com as chegadas de decks mais artísticos, técnicas de leitura diferentes e a forte ligação que essa ferramenta possui com o imaginário, vemos cada vez mais se estreitando uma ligação com a espiritualidade. Mas precisamos compreender algumas diferenças fundamentais para que ao buscar uma consulta, você vá ao lugar certo e saia com as suas expectativas atendidas. A principal delas é entender a diferença entre Cartomante e Tarólogo.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO

Consulta de tarot com a Espiritualidade, Religião e Tarot

A espiritualidade está em tudo e é inevitável de se separar, pois nossa natureza é espiritual, anímica. Um dos grandes mistérios ainda não solucionados que ressoa em nosso inconsciente de geração em geração, vencendo os séculos e deixando muitos cientistas de cabelo em pé é a busca da resposta e explicação sobre de onde “viemos e para onde nós vamos”, sem perceber, isso já nos traz uma resposta, daqui não somos, mas cá estamos.

Novos decks e tiragens

Por mais que a espiritualidade esteja em tudo, por outro lado temos a religião, um sistema de controle que o ser humano criou há séculos atrás que exclui grupos e ideias diferentes do seu conjunto, limitando assim a onipresença da espiritualidade. O ser humano aplica a religião em tudo, para sentir o mínimo de segurança possível em sua vida e não precisar conviver com o desamparo. Porque seria diferente com o uso do tarot? Atualmente, vem surgindo nesse universo, algumas variáveis interessantes como: O tarot dos Orixás, O tarot de Padilha, O tarot das Bruxas, O tarot dos Anjos e até o tarot Cristão e pasmem, O tarot de Goethia… Esse movimento se explica, pelo fato de que nós somos adaptáveis, assim como essa ferramenta que transcende o tempo.

 O Tarot ao longo do tempo

Por ser uma ferramenta tão adaptável, precisamos entender as variáveis de uso. Nós buscamos entender quaisquer coisas por meio do nosso sistema de crença, um processo inerente à natureza humana. O que havia começado como um jogo, passou a ser implementada das escolas de mistérios para autodesenvolvimento, e nos lugares mais abastados foi engolida pelas superstições e sistemas de crenças religiosos, muitos até alterando sua lógica de 78 cartas, sendo 22 cartas consideradas como energia fundamental, 40 cartas como expressão dessas energias e 16 cartas como o estágio de manifestação dessas.

Quando se altera essa base, toda a sua lógica se perde. É como tirar as páginas de um livro, perder a peça do quebra-cabeça, pular um dos capítulos de uma série na Netflix.  Essa ferramenta deixa de ser considerada um tarot, pode ser qualquer outra coisa, menos um tarot, pois todo o seu sistema de lógica é alterado.

Agora que você já sabe que no tarot existe uma lógica, fica mais fácil apontar as diferenças entre cada um desses profissionais e assim te ajudar a escolher na hora de fazer a sua consulta e sair satisfeita com o resultado.

Cartomante

Um cartomante utiliza das cartas para prever os acontecimentos, podendo ser as cartas de tarot, baralho ou até oráculos. O seu sistema principal é a adivinhação. Dificilmente ele estuda cada uma dessas ferramentas e cartas, mesmo que possuam seus significados individuais e que enriqueçam ainda mais uma leitura. Um cartomante aprendeu de forma natural, usando sua sensibilidade espiritual ou por observação e muitas vezes por um sistema religioso.

Um tarólogo é aquele que estudou o sistema do tarot e cada uma das suas cartas. Conhece e domina a lógica dessa ferramenta. Geralmente seus estudos se iniciaram com os clássicos, como tarot de Marselha ou Tarot de Rider Waite, mas domina qualquer outro tipo de deck, pois como falamos anteriormente, para ser considerado um tarot a sua lógica é sempre preservada! Um tarólogo geralmente aborda o significado de cada uma das cartas que saem no jogo, indo além das combinações trazendo insights e reflexões para além das previsões daqueles que o consulente veio buscar. Muitos também utilizam da sua sensibilidade espiritual para orientar a leitura.

Quando escolher um ou o outro?

Ainda que seja uma questão de preferência, alguns pontos podem ser importantes na hora de avaliar. O primeiro deles é a sua abertura religiosa já que o Cartomante possui como base do seu conhecimento um forte sistema de crença. O segundo ponto é a questão da sua linguagem se você tem uma tendência mística, para assuntos mais subjetivos e imaginativos e menos prático, provavelmente um Tarólogo não te oferecerá uma experiencia muito acolhedora, pois a sua abordagem é mais mão na massa e te coloca como responsável para mudar e alterar suas condições atuais, seja no amor, no trabalho ou nas finanças.

Felipe Bezerra é Tarólogo, Astrólogo e Terapeuta Holístico na Origem Therapias.

Instagram: @origemtherapias

Site: https://www.origemtherapias.com.br/

Leia também:

Já começou! Filmes de Natal para cada signo ver este ano

Leão no amor em 2024: confira as melhores combinações amorosas

Leia Também

Tarot

Entramos em uma fase mais emocional da astrologia. O tarot te ajuda a compreender os sentimentos da temporada canceriana

Tarot

Desistência ou Esperança. Veja a profundo mensagem do tarot sobre a dualidades desses sentimentos

Bem-estar

Entenda como combater o desgaste emocional gerado a partir da rotina para melhorar a saúde mental no trabalho, aqui no João Bidu

Numerologia

Saiba o que as energias do Dia dos Namorados reservam para todos os casais, segundo os estudos de Numerologia, aqui no João Bidu