Geral

Entenda a influência da Lua na gravidez e nos bebês

Por Redação João Bidu 23/06/2020 ÀS 13H32
As chances de fertilidade são maiores durante a Lua Cheia As chances de fertilidade são maiores durante a Lua Cheia - Crédito: Lucas mendes/Pexels

Muitas pessoas utilizam as fases da Lua para os tratamentos de beleza, para controlar o período menstrual, para colocar alguns rituais em prática e até para tomar grandes decisões, como abrir um negócio, mudar de carreira ou engravidar!

A Lua pode ajudar não só a engravidar, mas também a ter uma gestação mais tranquila e até mesmo no comportamento dos pequenos. Então, vem saber tudo sobre as melhores fases para ter um bebê e confira como a influência da Lua na gravidez pode trazer benefícios.  

A influência da Lua na gravidez

O melhor momento para tentar uma gravidez é durante a Lua Cheia - período que ocorre um aumento da fertilidade. Portanto, quem pretende ter um filho pode aproveitar as vibrações desse ciclo de energia plena para tentar engravidar.

Entre as tradições que envolvem as fases da Lua, uma das mais populares é a que diz respeito ao sexo do bebê. Muitos acreditam que a chance de ter uma menina é maior se a concepção ocorrer durante a Lua Crescente. Já a possibilidade de ser menino é maior na fase Minguante.

Outra crença é de que nascem mais meninas na transição da Lua Minguante para Nova e mais meninos na virada da Crescente para a Cheia.

Energias da Lua

Além das fases, a Lua emite muitas energias enquanto circula pelos signos do Zodíaco - e essas vibrações também influenciam a concepção.

Se o astro estiver em um signo do elemento Fogo ou Ar - Áries, Gêmeos, Leão, Libra, Sagitário e Aquário -, a chance de de engravidar de um menino é maior.

Já quando a Lua percorre os signos de Terra ou Água - Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes -, maior a probabilidade de ser uma menina.

A hora do parto

A Lua ainda exerce influência no momento do parto, principalmente ao encerrar um ciclo e começar outro. Quando ocorre a mudança de fase lunar, a chance da grávida ir para a maternidade com contrações aumenta sensivelmente.

Embora não haja comprovação científica, pesquisas confirmam - e muitos médicos concordam - que ocorre mesmo um número maior de nascimentos na virada da Lua, sobretudo na fase Cheia.

Influência da Lua no bebê

Se você tem um bebê, acompanhe as fases lunares no calendário para observar o comportamento do seu pequeno.

Na Lua Nova, por exemplo, é comum que ele fique mais criativo, curioso e receptivo a aprendizados - ótimo momento para ensinar coisas novas ou apostar naquelas comidas mais difíceis.

Durante a fase Crescente, o bebê se mostra expressivo e comunicativo: aproveite para conversar bastante e ensinar palavrinhas diferentes.

Na fase Cheia, ele pode se tornar mais agitado e impaciente - aja com calma e busque atividades que ajudem o pequeno a ficar tranquilo.

Já na Lua Minguante, que traz energias mais acolhedoras, o bebê tende a dormir melhor e curtir o sossego. Só procure evitar mudanças na rotina do pequeno durante este ciclo, combinado?

LEIA TAMBÉM:

02105