Geral

7 Formas fáceis de introduzir a meditação ao dia a dia

Por Julia Abud 12/05/2020 ÀS 13H17
A meditação pode ser exercitada até mesmo durante as refeições A meditação pode ser exercitada até mesmo durante as refeições - Pablo Merchan/Unsplash

A meditação é uma atividade que desenvolve a calma, a concentração e a conexão entre corpo e mente, aliviando as dores e aflições físicas e emocionais.

Ela é extremamente benéfica para todos e não existe uma idade certa para começar a praticá-la. Também não precisa começar sabendo de tudo - aliás, é totalmente normal não ter domínio de todas as técnicas e não conseguir manter a mente limpa por muito tempo logo de início. Mas, é necessário partir de algum lugar, certo?

Por isso, inserir a meditação no dia a dia é uma das melhores saídas para começar a se familiarizar com a prática sem se cobrar tanto. Em meio às tarefas diárias, é possível começar a meditar sem precisar de guias, professores ou até mesmo de um espaço reservado pra isso - qualquer lugar da sua casa pode ser seu cantinho meditativo.

O intuito é desenvolver a atenção plena, o relaxamento e a percepção do mundo por meio do foco no momento presente - e isso pode começar em pequenas atitudes diárias, em meio à rotina de trabalho. Assim, você não precirá reservar tempo e espaço exclusivos para essa atividade, mas aprenderá como aproveitar ao máximo o tempo que você já tem.

Portanto, se você não tem tempo de parar tudo para meditar ou está apenas começando a treinar a prática, essas 7 dicas de meditação no dia a dia irão te ajudar!

Exercícios de meditação no dia a dia

Durante a alimentação

Você pode meditar enquanto está se alimentando, em qualquer momento do dia. Ao pegar um alimento, observe suas cores e textura. Busque na mente outros itens que tenham a mesma cor e forma, por exemplo.

Sinta o cheiro, observe o sentimento que aquele aroma desperta no seu corpo. Esse cheiro te lembra alguma coisa? Algum momento da vida? Reflita sobre isso. Procure pensar uma coisa de cada vez, sem pressa. Na primeira mordida, qual é sua sensação? Você descobrirá que seu corpo reage de diversas formas durante a alimentação e voltar sua atenção a cada uma delas é uma forma de meditar na rotina.

Respiração

Por um momento, preste atenção na sua respiração, sem mudar o ritmo dela. Em seguida, inspire pronfundamente, tentando inflar sua barriga e seu peito com o ar e depois expire de uma vez só. Qual o som emitido?

Feche os olhos e observe também a temperatura do ar quando ele entra pelo nariz e quando ele sai das narinas.

A respiração é um exercício tão rotineiro que, muitas vezes, esquecemos do quanto ela é importante. Ao notar esse processo que seu corpo faz todos os dias, você ajuda sua mente a se manter no momento presente e ainda acostuma seu cérebro a respirar de uma forma mais completa e saudável.

Reflexão da natureza

Quando passar perto de uma janela ou de um vaso de planta, olhe para ela(e) com atenção. Ao perceber o mundo exterior, você ouve algum som? Se for um pássaro, será que você consegue adivinhar a espécie? Sinta o ar que entra pela janela, como a brisa abraça seu corpo e, talvez, até lhe faça arrepiar ou sentir frio.

Observe como os raios de Sol mudam as cores dos objetos e sinta o calor bater em sua pele. As sombras também têm o próprio charme; elas podem exibir outra perspectiva do mundo exterior. Deixe as sensações tomarem conta do seu corpo e reflita sobre isso durante alguns instantes em silêncio.

Já a plantinha, assim como você, está sempre em transformação. Todos os dias é possível encontrar algo novo nela, o segredo é apenas procurar com atenção. Experimente tocar nas folhas e observar a textura. Feche os olhos e veja se consegue imaginar a cor daquela planta só de tocá-la.

Banho de paz

Durante o banho, não pense nos problemas ou nas tarefas. Você está rodeado de elementos e sensações relaxantes, então, direcione sua atenção para eles. Como a água escorre pelo seu corpo? Em quais partes ela toca? A sensação é de tranquilidade, pureza ou apenas limpeza física? Pense em como a vida está conectada com a água e agradeça, por um instante, à Mãe Natureza.

O banho é o momento em que você pode colocar em prática muitos dos seus sentidos; você pode sentir o toque e a temperatura da água, os cheiros dos produtos e até mesmo do vapor, observar o movimento da água caindo sobre você e escorrendo pelo seu corpo e ouvir o barulho que ela faz. Veja como há diversas possibilidades para desenvolver sua atenção plena nesse momento diário.

Foque em uma informação por vez e trabalhe sua percepção.

Movimente-se

Você não precisa sair de casa para colocar seu corpo em movimento - especialmente na quarentena. Qualquer exercício, que seja um simples alongamento, já pode te ajudar a praticar a meditação no dia a dia.

Por exemplo, ao andar pela sua casa, concentre sua atenção no contato dos seus pés com o chão. Se sua mente divagar para longe, faça com que ela retorne para o momento presente, para os movimentos do seu corpo. Você sente alguma dor? Qual parte do seu corpo você sente que está sendo mais exercitada?

Se preferir um alongamento, preste atenção nos seus músculos e ligamentos. Quais você sente alongar? Depois de alongar uma perna ou um braço, por exemplo, note a diferença de um lado para o outro que ainda não foi alongado. 

Você também pode observar os itens ao seu redor e focar em apenas um. Qual o significado desse objeto para você? O que você sente quando olha para ele? Analise um pensamento por vez e observe como seu corpo reage a cada um deles. Caso algum objeto traga um sentimento ruim, é um ótimo momento para se desfazer dele - algo que você talvez nunca percebesse se não observasse com atenção!

Uma pausa para o amor

Durante o trabalho é essencial ter uma pausa para descansar a mente e esticar o corpo. Se você trabalha em frente a um computador, então esse é o momento para se levantar, se espreguiçar e caminhar - seja entre os cômodos da sua casa no período de home office ou até a cozinha ou banheiro da empresa, nos trabalhos presenciais.

Faça um simples alongamento, apenas para relaxar os músculos e, então, em qualquer lugar que estiver, realize essa pequena meditação do amor: mentalize as pessoas que você ama ou foque em apenas uma. Lembre dos momentos bons que vocês viveram juntos e nos seus sentimentos por ela. Provavelmente, você sentirá seu coração mais aquecido e perceberá um sorriso surgindo no seu rosto.

Depois, visualize as pessoas que você tem dificuldade de se relacionar e reflita sobre o que você poderia fazer para melhorar esse relacionamento.

Em seguida, direcione e mande, por pensamento, compaixão para todas elas. Desenvolva a empatia dentro de você e a emane para os outros seres. Com o tempo, seu coração terá mais facilidade em perdoar e propagar sentimentos bons.

Gratidão dos dez dedos

Ainda durante uma pausa do trabalho, enquanto estiver cozinhando ou até no banheiro, conte nos dedos dez coisas pelas quais você é grato(a). Não precisa quebrar a cabeça para lembrar dos grandes acontecimentos da vida; situações simples do dia a dia que lhe deixam feliz já são muito válidas! Alimente sua gratidão pela vida com esse exercício diário. Lembre de respirar profundamente em cada contagem - com isso, você sentirá conforto espiritual e mais tranquilidade para seguir o dia.

LEIA TAMBÉM:

02030