Fale conosco

O que você está procurando?

Autoconhecimento

Semana de autoconhecimento: técnica de meditação para olhar para si todos os dias

meditação
Entenda como a meditação pode melhorar seu autoconhecimento (Foto: Shutterstock)

Todos os seres humanos são dotados de potências e capacidades que podem promover um modo de vida feliz e satisfatório. Do mesmo modo, todas as pessoas possuem pontos a serem desenvolvidos e aceitos. Esses dois aspectos são naturais e fazem parte da beleza de ser um ser humano: perfeitamente imperfeito. Conhecer sobre si mesmo, sobre a dinâmica interna e os potenciais de cada um, pode facilitar o processo de uma vida mais plena e cheia de contentamento. Esse é o objetivo da técnica de meditação a seguir. A proposta é um exercício com duração de ciclos de uma semana, que deve ser feito todos os dias. A ideia é estar totalmente presente em si e se observar, direcionando o foco para aspectos específicos a cada dia.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO

Ao realizar esse exercício com constância e dedicação, você tomará mais consciência sobre si mesmo, conseguirá aumentar a sua força, sentirá o aflorar de seus dons e estará, a cada etapa, mais próximo de manifestar a sua essência.

Técnica de meditação: semana de autoconhecimento

2ª feira – Foco na palavra

Observe tudo o que tem impulso de falar e o que sai de sua boca. Preste atenção para dizer somente o que é preciso, o que tem alguma utilidade ou que expresse a verdade. Procure não falar sobre futilidades ou sobre a vida alheia.

3ª feira – Foco na harmonia

Durante este dia, nesta técnica de meditação, tenha como objetivo estar em harmonia com tudo e com todos. Ou seja, com as pessoas ao seu redor, com os lugares por onde passar, com as coisas com as quais se conectar e, inclusive, consigo mesmo. Coloque a firme intenção de não sair deste propósito.

4ª feira – Foco na decisão

Observe como é a certeza dentro de você, se costuma titubear ou sentir muita dúvida ou se tem facilidade em definir e determinar as coisas. Neste dia, procure tomar as decisões que precisa tomar, seja referente a assuntos de relevância ou a questões ínfimas.

5ª feira – Foco no pensamento

Preste atenção na dinâmica de sua mente. Observe a qualidade dos pensamentos que tem, como a mente vai de um pensamento para o outro, se você se distrai com facilidade. Nesta técnica de meditação,esteja presente, como um observador olhando a própria mente de fora.

6ª feira – Foco na organização

Neste dia, procure desenvolver atividades relacionadas a organizar o local, seus compromissos, seus objetos pessoais, seus sentimentos e pensamentos. Tenha como intenção ver como você se coloca nesses aspectos. É rápido ou mais lento? Está tudo uma bagunça? Você tem um método? Tem o hábito de procrastinar? Só organiza, mas não executa?

Sábado – Foco no esforço

Dedique-se a ações que requerem esforço — seja atividade física, limpezas, reparos, resolver um assunto que está parado há tempos — e analise como é o esforço dentro de você. Procure não reclamar ou perder o ânimo diante de pontos desagradáveis. Será que não está fazendo menos do que sua capacidade permite? Ou ainda, será que não está exagerando e extrapolando os seus limites?

Domingo – Foco na compreensão

Busque o entendimento das oportunidades de aprendizado que a vida trouxe para você. Procure concentrar-se em apreender tudo o que for possível com essas lições. Com esta técnica de meditação, observe as situações, as pessoas, a dinâmica do mundo, a natureza e, a partir de tudo isso, busque ter essa compreensão

Todos os dias – Foco na autoanálise

É importante estar presente para si mesmo todos os dias e fazer esse exercício de auto-observação e análise. Mantenha um diário e anote como foi o dia, o que sentiu, suas reflexões e considerações sobre si mesmo. Assim, pode perceber como foi a sua semana e acompanhar seu próprio desenvolvimento ao longo do tempo.

E se esquecer?

Não faz mal acabar pulando um dia. É só retomar com seu propósito no dia seguinte e seguir com suas meditações. Mas, fique atento, pois o esquecimento pode significar certa resistência em encarar suas próprias questões, desafios e dificuldades.

Observe até mesmo esse ato de esquecer: ele se repete em um mesmo dia da semana? Ele acontece porque estava com preocupações focadas em auxiliar os outros e acabou esquecendo de você mesmo? É comum você se propor a fazer algo e acabar abandonando no meio do caminho?

O objetivo principal dessa técnica de meditação é o autoconhecimento. Portanto, tudo é material para olhar para si, para entender seus mecanismos internos, como o seu sistema individual funciona e como pode progredir em um sentido de encontrar-se com a sua essência.

Se você faz terapia, pode levar os conteúdos dessa meditação para seu terapeuta analisar junto com você. Se ainda não faz, que tal se dar essa chance de se aproximar cada vez mais de si mesmo, se aceitar mais e ser mais feliz?

Texto: Bia Albuquerque (@biaaterapeuta), terapeuta energético-espiritual, humanoterapeuta, psicanalista espiritualista, facilitadora do Círculo da Vida e ledora de baralho terapêutico

Leia também:

Entenda como o medo prejudica sua aura e deixa você vulnerável

Compreenda as várias mortes do ser humano

Metodologia Humanoterapeuta: a terapia que permite aflorar a sua essência