Fale conosco

O que vc está procurando?

Religiosidade

Fé ao seu lado: orações de cada signo para atrair o amor

Saiba qual Salmo do amor pode te ajudar a ter um relacionamento feliz - Shutterstock

Os Salmos do amor são instrumentos de louvor e adoração ao Senhor. Eles podem ser utilizados nos momentos de angústia, quando você quiser proteção ou nas situações em que o coração fica pesado. Além disso, os Salmos de amor ajudam a equilibrar as emoções e atraem as boas energias.

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO!

Por meio das orações de cada signo você pode fortalecer a sua relação amorosa ou encontrar uma, se assim você desejar. Com o coração mais calmo é possível alcançar a felicidade com mais facilidade. Dessa forma, use os Salmos do amor para afastar as tensões e para cultivar o amor.

Salmos do amor: confira as orações de cada signo

Áries – Salmo 7

“Senhor meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me. Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a, sem que haja quem a livre. Senhor meu Deus, se eu fiz isso, se há perversidade nas minhas mãos. Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo (antes, livrei ao que me oprimia sem causa). Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a; calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória (Selá). Levanta-te, Senhor na tua ira; exalta-te por causa do furor dos meus opressores; e desperta por mim para o juízo que ordenaste. Assim te rodeará o ajuntamento de povos; por causa deles, pois, volta-te para as alturas. O Senhor julgará os povos; julga-me, Senhor, conforme a minha justiça, e conforme a integridade que há em mim. Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins. O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração. Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado. E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores. Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras. Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez. A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça. Eu louvarei ao Senhor segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do Senhor Altíssimo.”

Touro – Salmo 45

“O meu coração ferve com palavras boas, falo do que tenho feito no tocante ao rei. A minha língua é a pena de um destro escritor. Tu és mais formoso do que os filhos dos homens; a graça se derramou em teus lábios; por isso Deus te abençoou para sempre. Cinge a tua espada à coxa, ó valente, com a tua glória e a tua majestade. E neste teu esplendor cavalga prosperamente, por causa da verdade, da mansidão e da justiça; e a tua destra te ensinará coisas terríveis. As tuas flechas são agudas no coração dos inimigos do rei, e por elas os povos caíram debaixo de ti. O teu trono, ó Deus, é eterno e perpétuo; o cetro do teu reino é um cetro de equidade. Tu amas a justiça e odeias a impiedade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu com óleo de alegria mais do que a teus companheiros. Todas as tuas vestes cheiram a mirra e aloés e cássia, desde os palácios de marfim de onde te alegram. As filhas dos reis estavam entre as tuas ilustres mulheres; à tua direita estava a rainha ornada de finíssimo ouro de Ofir. Ouve, filha, e olha, e inclina os teus ouvidos; esquece-te do teu povo e da casa do teu pai. Então o rei se afeiçoará da tua formosura, pois Ele é teu Senhor; adora-o. E a filha de Tiro estará ali com presentes; os ricos do povo suplicarão o teu favor. A filha do rei é toda ilustre lá dentro; o seu vestido é entretecido de ouro. Levá-la-ão ao rei com vestidos bordados; as virgens que a acompanham a trarão a ti. Com alegria e regozijo as trarão; elas entrarão no palácio do rei. Em lugar de teus pais estarão teus filhos; deles farás príncipes sobre toda a Terra. Farei lembrado o teu nome de geração em geração; por isso os povos te louvarão eternamente.”

Gêmeos – Salmo 22

“Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas do meu auxílio e das palavras do meu bramido? * 2 Deus meu, eu clamo de dia, e tu não me ouves; de noite, e não tenho sossego. Porém tu és santo, tu que habitas entre os louvores de Israel. Em ti confiaram nossos pais; confiaram, e tu os livraste. A ti clamaram e escaparam; em ti confiaram, e não foram confundidos. Mas eu sou verme, e não homem, opróbrio dos homens e desprezado do povo. Todos os que me veem zombam de mim, estendem os lábios e meneiam a cabeça, dizendo: Confiou no Senhor, que o livre; livre-o, pois nele tem prazer. Mas tu és o que me tiraste do ventre; fizeste-me confiar, estando aos seios de minha mãe. Sobre ti fui lançado desde a madre; tu és o meu Deus desde o ventre de minha mãe. Não te alongues de mim, pois a angústia está perto, e não há quem ajude. Muitos touros me cercaram; fortes touros de Basã me rodearam. Abriram contra mim suas bocas, como um leão que despedaça e que ruge. Como água me derramei, e todos os meus ossos se desconjuntaram; o meu coração é como cera, derreteu-se no meio das minhas entranhas. A minha força se secou como um caco, e a língua se me pega ao paladar; e me puseste no pó da morte. Pois me rodearam cães; o ajuntamento de malfeitores me cercou, traspassaram-me as mãos e os pés. Poderia contar todos os meus ossos; eles veem e me contemplam. Repartem entre si as minhas vestes, e lançam sortes sobre a minha roupa. Mas tu, Senhor, não te alongues de mim. Força minha, apressa-te em socorrer-me. Livra a minha alma da espada, e a minha predileta da força do cão. Salva-me da boca do leão; sim, ouviste-me, das pontas dos bois selvagens. Então declararei o teu nome aos meus irmãos; louvar-te-ei no meio da congregação. Vós, que temeis ao Senhor, louvai-o; todos vós, semente de Jacó, glorificai-o; e temei-o todos vós, semente de Israel. Porque não desprezou nem abominou a aflição do aflito, nem escondeu dele o seu rosto; antes, quando ele clamou, o ouviu. O meu louvor será de ti na grande congregação; pagarei os meus votos perante os que o temem. Os mansos comerão e se fartarão; louvarão ao Senhor os que o buscam; o vosso coração viverá eternamente. Todos os limites da terra se lembrarão, e se converterão ao Senhor; e todas as famílias das nações adorarão perante a tua face. Porque o reino é do Senhor, e ele domina entre as nações. Todos os que na terra são gordos comerão e adorarão, e todos os que descem ao pó se prostrarão perante ele; e nenhum poderá reter viva a sua alma. Uma semente o servirá; será declarada ao Senhor a cada geração. Chegarão e anunciarão a sua justiça ao povo que nascer, porquanto Ele o fez.”

Câncer – Salmo 12

“Salva-nos, Senhor, porque faltam os homens bons; porque são poucos os fiéis entre os filhos dos homens. Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobrado. O Senhor cortará todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala soberbamente. Pois dizem: ‘Com a nossa língua prevaleceremos; são nossos os lábios; quem é Senhor sobre nós?’ Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o Senhor; porei a salvo aquele para quem eles assopram. As palavras do Senhor são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes. Tu os guardarás, Senhor; desta geração os livrarás para sempre. Os ímpios andam por toda parte, quando os mais vis dos filhos dos homens são exaltados.”

Leão – Salmo 76

“Conhecido é Deus em Judá; grande é o seu nome em Israel. E em Salém está o seu tabernáculo, e a sua morada em Sião. Ali quebrou as flechas do arco; o escudo, e a espada, e a guerra (Selá). Tu és mais ilustre e glorioso do que os montes de caça. Os que são ousados de coração são despojados; dormiram o seu sono; e nenhum dos homens de força achou as próprias mãos. A tua repreensão, ó Deus de Jacó, carros e cavalos são lançados num sono profundo. Tu, tu és temível; e quem subsistirá à tua vista, uma vez que te irares? Desde os Céus fizeste ouvir o teu juízo; a terra tremeu e se aquietou. Quando Deus se levantou para fazer juízo, para livrar a todos os mansos da Terra (Selá). Certamente a cólera do homem redundará em teu louvor; o restante da cólera tu o restringirás. Fazei votos, e pagai ao Senhor vosso Deus; tragam presentes, os que estão em redor dele, àquele que é temível. Ele ceifará o espírito dos príncipes; é tremendo para com os reis da Terra.”

Virgem – Salmo 44

“Ó Deus, nós ouvimos com os nossos ouvidos, e nossos pais nos têm contado a obra que fizeste em seus dias, nos tempos da antiguidade. Como expulsaste os gentios com a tua mão e os plantaste a eles; como afligiste os povos e os derrubaste. Pois não conquistaram a terra pela sua espada, nem o seu braço os salvou, mas a tua destra e o teu braço, e a luz da tua face, porquanto te agradaste deles. Tu és o meu Rei, ó Deus; ordena salvações para Jacó. Por ti venceremos os nossos inimigos; pelo teu nome pisaremos os que se levantam contra nós. Pois eu não confiarei no meu arco, nem a minha espada me salvará. Mas tu nos salvaste dos nossos inimigos, e confundiste os que nos odiavam. Em Deus nos gloriamos todo o dia, e louvamos o teu nome eternamente (Selá). Mas agora tu nos rejeitaste e nos confundiste, e não sais com os nossos exércitos. Tu nos fazes retirar do inimigo, e aqueles que nos odeiam nos saqueiam para si. Tu nos entregaste como ovelhas para comer, e nos espalhaste entre os gentios. Tu vendes por nada o teu povo, e não aumentas a tua riqueza com o seu preço. Tu nos pões por opróbrio aos nossos vizinhos, por escárnio e zombaria daqueles que estão à roda de nós. Tu nos pões por provérbio entre os gentios, por movimento de cabeça entre os povos. A minha confusão está constantemente diante de mim, e a vergonha do meu rosto me cobre. A voz daquele que afronta e blasfema, por causa do inimigo e do vingador. Tudo isto nos sobreveio; contudo não nos esquecemos de ti, nem nos houvemos falsamente contra a tua aliança. O nosso coração não voltou atrás, nem os nossos passos se desviaram das tuas veredas; Ainda que nos quebrantaste num lugar de dragões, e nos cobriste com a sombra da morte. Se nós esquecemos o nome do nosso Deus, e estendemos as nossas mãos para um deus estranho, Porventura não esquadrinhará Deus isso? Pois Ele sabe os segredos do coração. Sim, por amor de ti, somos mortos todo o dia; somos reputados como ovelhas para o matadouro. Desperta, por que dormes, Senhor? Acorda, não nos rejeites para sempre. Por que escondes a tua face, e te esqueces da nossa miséria e da nossa opressão? Pois a nossa alma está abatida até ao pó; o nosso ventre se apega a Terra. Levanta-te em nosso auxílio, e resgata-nos por amor das tuas misericórdias.”

Libra – Salmo 9

“Eu te louvarei, Senhor, com todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo. Porquanto os meus inimigos retornaram, caíram e pereceram diante da tua face. Pois tu tens sustentado o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no tribunal, julgando justamente; Repreendeste as nações, destruíste os ímpios; apagaste o seu nome para sempre e eternamente. Ó inimigo! Acabaram-se para sempre as assolações; e tu arrasaste as cidades, e a sua memória pereceu com elas. Mas o Senhor está assentado perpetuamente; já preparou o seu tribunal para julgar. Ele mesmo julgará o mundo com justiça; exercerá juízo sobre povos com retidão. O Senhor será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempos de angústia. Em ti confiarão os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, nunca desamparaste os que te buscam. Cantai louvores ao Senhor, que habita em Sião; anunciai entre os povos os seus feitos. Pois quando inquire do derramamento de sangue, lembra-se deles: não se esquece do clamor dos aflitos. Tem misericórdia de mim, Senhor, olha para a minha aflição, causada por aqueles que me odeiam; tu que me levantas das portas da morte; Para que eu conte todos os teus louvores nas portas da filha de Sião, e me alegre na tua salvação. Os gentios enterraram-se na cova que fizeram; na rede que ocultaram ficou preso o seu pé. O Senhor é conhecido pelo juízo que fez; enlaçado foi o ímpio nas obras de suas mãos. (Higaiom; Selá). Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus. Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a expectação dos pobres perecerá perpetuamente. Levanta-te, Senhor; não prevaleça o homem; sejam julgados os gentios diante da tua face. Põe-os em medo, Senhor, para que saibam as nações que são formadas por meros homens (Selá).”

Escorpião – Salmo 38

“Ó Senhor, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor. Porque as tuas flechas se cravaram em mim, e a tua mão sobre mim desceu. Não há coisa sã na minha carne, por causa da tua cólera; nem há paz em meus ossos, por causa do meu pecado. Pois já as minhas iniquidades sobrepassam a minha cabeça; como carga pesada são demais para as minhas forças. As minhas chagas cheiram mal e estão corruptas, por causa da minha loucura. Estou encurvada, estou muito abatida, ando lamentando todo o dia. Porque as minhas ilhargas estão cheias de ardor, e não há coisa sã na minha carne. Estou fraca e mui quebrantada; tenho rugido pela inquietação do meu coração. Senhor, diante de ti está todo o meu desejo, e o meu gemido não te é oculto. O meu coração dá voltas, a minha força me falta; quanto à luz dos meus olhos, ela me deixou. Os meus amigos e os meus companheiros estão ao longe da minha chaga; e os meus parentes se põem à distância. Também os que buscam a minha vida me armam laços e os que procuram o meu mal falam coisas que danificam, e imaginam astúcias todo o dia. Mas eu, como surda, não ouvia, e era como muda, que não abre a boca. Assim eu sou como mulher que não ouve, e em cuja boca não há reprovação. Porque em ti, Senhor, espero; tu, senhor meu Deus, me ouvirás. Porque dizia eu: Ouve-me, para que não se alegrem de mim. Quando escorrega o meu pé, eles se engrandecem contra mim. Porque estou prestes a coxear; a minha dor está constantemente perante mim. Porque eu declararei a minha iniquidade; afligir-me-ei por causa do meu pecado. Mas os meus inimigos estão vivos e são fortes, e os que sem causa me odeiam se multiplicam. Os que dão mal pelo bem são meus adversários, porquanto eu sigo o que é bom. Não me desampares, senhor, meu Deus, não te alongues de mim. Apressa-te em meu auxílio, Senhor, minha salvação.”

Sagitário – Salmo 21

“O rei se alegra em tua força, Senhor; e na tua salvação grandemente se regozija. Cumpriste-lhe o desejo do seu coração, e não negaste as súplicas dos seus lábios (Selá). Pois vais ao seu encontro com as bênçãos de bondade; pões na sua cabeça uma coroa de ouro fino. Vida te pediu, e lhe deste, mesma longura de dias para sempre e eternamente. Grande é a sua glória pela tua salvação; glória e majestade puseste sobre ele. Pois o abençoaste para sempre; tu o enches de gozo com a tua face. Porque o rei confia no Senhor, e pela misericórdia do Altíssimo nunca vacilará. A tua mão alcançará todos os teus inimigos, a tua mão direita alcançará aqueles que te odeiam. Tu os farás como um forno de fogo no tempo da tua ira; o Senhor os devorará na sua indignação, e o fogo os consumirá. Seu fruto destruirás da Terra, e a sua semente dentre os filhos dos homens. Porque intentaram o mal contra ti; maquinaram um ardil, mas não prevalecerão.  Assim que tu lhes farás voltar as costas; e com tuas flechas postas nas cordas lhes apontarás ao rosto. Exalta-te, Senhor, na tua força; então cantaremos e louvaremos o teu poder.”

Capricórnio – Salmo 127

“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão de dores, pois assim dá ele aos seus amados o sono. Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão. Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade. Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta.”

Aquário – Salmo 10

“Por que estás ao longe, Senhor? Por que te escondes nos tempos de angústia? Os ímpios na sua arrogância perseguem furiosamente o pobre; sejam apanhados nas ciladas que maquinaram. Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e renuncia ao Senhor. Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus. Os seus caminhos atormentam sempre; os teus juízos estão longe da vista dele, em grande altura, e despreza aos seus inimigos. Diz em seu coração: não serei abalada, porque nunca me verei na adversidade. A sua boca está cheia de imprecações, de enganos e de astúcia; debaixo da sua língua há malícia e maldade. Põe-se de emboscada nas aldeias; nos lugares ocultos mata o inocente; os seus olhos estão ocultamente fixos sobre o pobre. Arma ciladas no esconderijo, como o leão no seu covil; arma ciladas para roubar o pobre; rouba-o, prendendo-o na sua rede. Encolhe-se, abaixa-se, para que os pobres caiam em suas fortes garras. Diz em seu coração: Deus esqueceu-se, cobriu o seu rosto, e nunca isto verá. Levanta-te, Senhor. O Deus, levanta a tua mão; não te esqueças dos humildes. Por que blasfema o ímpio de Deus dizendo no seu coração: tu não o esquadrinharás? Tu o viste, porque atentas para o trabalho e enfado, para o retribuir com tuas mãos; a ti o pobre se encomenda; tu és o auxílio do órfão. Quebra o braço do ímpio e malvado; busca a sua impiedade, até que nenhuma encontres. O Senhor é Rei eterno; da sua Terra perecerão os gentios. Senhor, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles; Para fazer justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem da terra não prossiga mais em usar da violência.”

Peixes – Salmo 111

“Louvai ao Senhor. Louvarei ao Senhor de todo o meu coração, na assembleia dos justos e na congregação. Grandes são as obras do Senhor, procuradas por todos os que nelas tomam prazer. A sua obra tem glória e majestade, e a sua justiça permanece para sempre. Fez com que as suas maravilhas fossem lembradas; piedoso e misericordioso é o Senhor. Deu mantimento aos que o temem; lembrar-se-á sempre da sua aliança. Anunciou ao seu povo o poder das suas obras, para lhe dar a herança dos gentios. As obras das suas mãos são verdade e juízo, seguros todos os seus mandamentos. Permanecem firmes para todo o sempre; e são feitos em verdade e retidão. Redenção enviou ao seu povo; ordenou a sua aliança para sempre; santo e tremendo é o seu nome. O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que cumprem os seus mandamentos; o seu louvor permanece para sempre.”

LEIA TAMBÉM:

Por

Leia Também

Astrologia

Ela ficou conhecida como Boiadeira graças a sua música de estreia. Conheça aqui qual música da Ana Castela combina mais com seu signo

Astrologia

Você sabia que o seu signo do zodíaco pode influenciar na escolha da cor dos seus batons? Celebra este Dia do Beijo em grande...

Astrologia

Está na dúvida do que ler? Separamos cinco livros que alguns signos dos zodíaco podem gostar

Astrologia

Tá na fase da dúvida cruel do que seguir de profissão? Conte com a ajuda da astrologia para tomar essa decisão