Fale conosco

O que vc está procurando?

Tarot

Descubra o que o naipe de espadas, o mais temido do tarot, pode nos ensinar

naipe de cartas de tarot
Entenda o significado desse poderoso naipe - Foto: Shutterstock

Se tem algo que permeia a nossa existência é a intenção de saber quem verdadeiramente somos. Quantas vezes você já fez essa pergunta? Contudo, quando se trata desse assunto, certamente somos convidados a encarar coisas que nem sempre são tão gostosas de se vivenciar, lembrar e vasculhar – mas sem isso o nosso processo de autoconhecimento se torna falho. Por isso, tirar alguma carta do naipe de espadas, o mais temido do tarot, é certamente um pedido interior para que redobremos a atenção. 

COMO SERÁ O SEU DIA HOJE? DESCUBRA TUDO NO HORÓSCOPO DIÁRIO! LÁ TEM TODAS AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO

Entre razão e emoção, a saída …

Nas histórias, todo herói e heroína possuem seus instrumentos para enfrentar as vulnerabilidades e batalhas que a vida impõe, como as lutas contra os “vilões, monstros e dragões”.

Sendo assim, um dos mais famosos desses instrumentos é a espada, que podemos encontrar nos mitos como Gram ou Excalibur, ou ainda, em uma das frases mais complexas de Jesus: “Não pensem que vim trazer paz à terra. Não vim trazer paz, mas espada” (Mateus 10:34). 

A espada na tradição 

Tradicionalmente a figura da espada está associada ao elemento Ar, relacionado aos pensamentos, que até então são imateriais, mas que quando conduzidos por ações, criam suas formas no mundo.

Por isso, este instrumento tornou-se um símbolo da capacidade de decisão, resolução, confiança e iniciativa. É o poder de lógica e racionalidade que, quando bem usados, oferece o melhor direcionamento possível, pois nos tira de situações vulneráveis na vida, mesmo que, na verdade, sejam as nossas batalhas interiores.

Sem essa capacidade bem desenvolvida, a vida facilmente se assemelha a um novelo embaraçado de percepções confusas e necessidades e sentimentos contraditórios.

Toda pessoa enfrenta primeiro a si mesma

Pouco a pouco um outro ser vai emergindo em nós mesmos – algo que se contrapõe muitas vezes com o que estamos acostumados a ser e pensar. Começamos a distinguir, delimitar e separar as coisas e passamos a conviver com o desconforto de carregar a espada, pois é o peso que nos oferece responsabilidade de escolhas. Isso requer que enfrentemos os riscos com ousadia e, principalmente, preservando a justiça – afinal, o corte de uma espada é igual de ambos os lados.

Contudo, por tamanha responsabilidade, há quem prefira continuar na segurança do que foi aprendido, das normas habituais, terceirizando a sua responsabilidade para outros, ultrapassando limites para se encaixar.

O naipe de espadas

Quando analisamos as figuras numéricas do naipe de espadas, vemos claramente a batalha do aprendizado pessoal, a separação existencial e a distinção do que serve ou não. Segundo a nossa dinâmica pessoal no mundo social, somos colocados de frente com o desconforto de enfrentar as nossas ilusões, usando a lógica e a razão que servem a sabedoria para escolher o que for preciso.

Se usássemos o naipe de espada para entendermos nossas emoções, sentimentos, além de  racionalizarmos os nossos desejos, boa parte dos problemas seriam solucionados. Contudo, essa foi a proposta de Jesus ao falar que não estava trazendo a paz, mas sim a espada, o conhecimento e o desconforto e não há crescimento sem passar por isso.

Por essa razão, ao tirarmos as cartas do naipe de espadas ao longo de uma tiragem, chama a atenção, pois é o espelho da nossa consciência pedindo um pouco mais de discernimento para tudo que buscamos.

Por isso, essas cartas são isentas de compaixão, pois geralmente queremos alimentar e reforçar o nosso ego somente com o que achamos que é bom pra nossa vida.

Suas numerações e cartas da corte simbolizam o grau de intensidade desse comportamento. Para quem foge do autoconhecimento, elas são um martírio, mas para aqueles que buscam se conhecer, sabe perfeitamente que esse é o caminho que leva para a vida eterna.

Texto: Felipe Bezerra é Tarólogo, Astrólogo e Terapeuta Holístico na Origem Therapias.

Instagram: @origemtherapias

Site: https://www.origemtherapias.com.br/

Leia Também

Tarot

O tarot carrega dicas e sabedoria necessárias para nossos caminhos. Conheça aqui o arcano que está relacionado ao propósito com equilíbrio

Tarot

Saiba como ficam as previsões para o mês de Abril para todos os signos no amor, no campo mental e financeiro. Confira!

Tarot

A entrada do Astro Rei no primeiro signo do zodíaco marca uma nova fase astrológica. Entenda como aproveitar o Sol em Áries, segundo o...

Tarot

O arcano O diabo chama atenção por sua representação medieval. Entenda tudo sobre esta carta que nos indica as principais causas dos nossos sofrimentos