Últimas

A série Loki e suas simbologias

Por Ana Melo 14/07/2021 ÀS 09H00
Saiba mais sobre a mitologia por trás da série Saiba mais sobre a mitologia por trás da série - Marvel Studios/divulgação

No dia 9 de junho, o Disney+ estreou a tão esperada série Loki. A produção, que leva o nome do vilão queridinho dos filmes de Thor e dos Vingadores, mostra a realidade alternativa na qual Loki foi parar após fugir dos Vingadores na tentativa de recuperar as jóias do infinito em “Vingadores: Ultimato” (2019), último filme da saga. O Deus da Trapaça cativou muitos fãs durante os filmes, o que tornou seu fim em Ultimato muito doloroso e a espera pela série virou infinita.

Loki e suas simbologias

A série Loki é carregada de simbologias, e isso não é surpresa nenhuma já que é um

personagem muito importante da mitologia nórdica. Confira a seguir algumas análises dessas simbologias.

Diferente das outras séries recém-lançadas da Disney, os episódios de Loki saem toda quarta-feira. Quarta-feira é dia de Mercúrio, o planeta da comunicação, conhecimento, pensamentos e tudo que esteja relacionado ao mental. Além disso, o símbolo de Loki, que é um círculo com chifres, é semelhante ao do planeta Mercúrio. A escolha combina totalmente com o personagem que é tagarela, estrategista e manipulador. Não é à toa que Loki é o deus nórdico regente do signo de Gêmeos, também regido por Mercúrio.

Loki na mitologia nórdica

Os quadrinhos de Thor e Loki, da Marvel, são baseados na mitologia nórdica, porém, existem algumas diferenças com os mitos contados. Por exemplo, nos filmes, Thor e Loki foram criados como irmãos, mas na mitologia, Loki é tio de Thor.

Loki é filho de dois gigantes de gelo, Farbanti e Laufey, mas o deus da Trapaça conquista a consideração de Odin, o deus dos deuses, que o considera como um irmão e permite que Loki viva junto aos deuses em Asgard. Loki e Odin fizeram o ritual de sangue, no qual, os vikings acreditavam que o criava laços eternos.

O protagonista da nova série é uma figura extremamente importante pela mitologia nórdica, e entre suas diversas brincadeiras e trapaças nos deuses de Asgard, Loki tinha a proteção de Odin. Porém, é através de Loki que acontece um dos momentos mais importantes da mitologia: o Ragnarok. O fim do mundo para os nórdicos, se deu através dos três filhos de Loki: o lobo, Fenrir; a serpente do mundo, Jörmungandr. e a menina Hel, que tinha o corpo metade vivo e metade morto, em estado de putrefação. Os três nasceram do útero de uma gigante de gelo.

Loki não é apenas um vilão, o deus causou o caos na mitologia nórdica e está por trás dos principais eventos que aconteceram em Asgard, inclusive a profecia do fim do mundo. Um personagem grandioso que tem muito para aprontar.

Fonte: Edda em prosa de Snorri Sturluson, 2 ed. Complemento: Mitologia Nórdica, Neil Gaiman, 2 ed.

LEIA TAMBÉM:

04081