Notícias

Como a Teoria de Gaia pode explicar a pandemia da Covid-19?

Por Larissa Silva 21/05/2020 ÀS 13H20
Conheça a conexão entre a Teoria de Gaia e a pandemia da Covid-19 Conheça a conexão entre a Teoria de Gaia e a pandemia da Covid-19 - Crédito Porapak Apichodilok/Pexels

Será que a pandemia do coronavírus é uma resposta tática da Terra para as ações destrutivas do ser humano? Não é de hoje que é discutido como o planeta sofre com as frequentes agressões ao seu estado natural. As consequências disso são o aquecimento global, o aumento do nível do mar, tempestades mais fortes e, talvez, até o próprio coronavírus.

Assim, o ser humano é responsável pela intensidade de catástrofes naturais que assolam o mundo. Para explicar essa relação entre a humanidade e a natureza, foi desenvolvida a Teoria de Gaia.

A Teoria de Gaia

Para estudar o meio ambiente, e suas relação com o ser humano, existe a ecologia; uma das especialidades da biologia. Foi nessa área do conhecimento que a Teoria de Gaia - ou Hipótese de Gaia - deu seus primeiros passos. 

Criada pelo cientista inglês James Lovelock, em 1979, a teoria aborda que o planeta é um organismo vivo, que consegue a quantidade de energia ideal para sua existencia, enquanto ajusta sua temperatura e clima.

Para manter seu equilíbrio natural, ele elimina os detritos, trabalha para acabar com suas próprias doenças e, quando algo não está certo, procura resolver de uma vez a questão. É dessa maneira que a Terra possibilita as condições adequadas para a propagação da vida de todos os seres que a habitam.

O nome Gaia é referência que faz alusão à mitologia grega, especificamente à personagem Gaia, que é conhecida por ser a personificação da Mãe Terra. Ela é a Mãe geradora de tudo que vive e viveu no mundo, além de ser a criadora dos deuses. Sua origem é do caos e, graças ao seu poder, conseguiu arrumar a bagunça em que o Cosmos se encontrava, criando, assim, a harmonia entre os seres.

O começo de tudo

Com o tempo, o homem mudou sua forma de socializar com a Terra. Primeiro, por milhares de anos, o nomadismo foi a alternativa de sobrevivência da humanidade, porém, as pessoas aprenderam cultivar seus próprios alimentos e isso permitiu que elas ficassem em um único lugar, tornando-as cada vez mais sedentárias e dependentes.

Com essa nova forma de vida, a humanidade utilizou sua inteligência para a criação de ferramentas que melhoram o desempenho de seus trabalhos e proporcionaram uma vivência com mais qualidade. 

Por meio do desenvolvimento tecnológico, o ser humano definiu de vez o rumo de sua existência no mundo e, com isso, a população cresceu rapidamente e diversas áreas da Terra precisaram ser ocupadas e desmatadas, especialmente para obter recursos para o crescimento econômico.

Toda essa agressão com a natureza sempre teve resultados negativos; a poluição do ar, dos rios e mares, a produção desenfreada de lixo, a destruição de florestas, a extinção de muitos animais, as desigualdades sociais e, por fim, as doenças.

No momento em que o homem invadiu as áreas dos animais, houve o contato e a maior exposição humana às zoonoses, que são doenças naturalmente transmitidas entre animais e humanos, como a Covid-19. 

Equilíbrio da Terra

Para a Teoria de Gaia, um dos resultados dessas atitudes destrutivas, que rapidamente impactou a vida das pessoas, é a atual pandemia. Ela pode ser vista como uma forma de restabelecer o equilíbrio natural da Terra, diminuindo a quantidade de pessoas para, assim, reduzir a pressão por recursos naturais e, talvez, conscientizar e acabar com a destruição dos meios naturais que sustentam a vida.

Muitos cientistas já afirmavam que uma hora ou outra isso aconteceria, como Bill Gates, em 2015, que declarou, durante uma palestra, que uma pandemia era iminente e seria responsável pelo fim de muitas vidas.

A descrença dessa possível realidade sempre falou mais alto e, quando a fala dele se concretizou, Bill Gates foi acusado de ter criado o vírus apenas para ganhar dinheiro com a vacina.

No entanto, na realidade, a pandemia do novo coronavírus é um aviso, mais radical, do que está acontecendo no mundo - e Gates não é o responsável, pelo menos não o único. Todos os seres humanos têm sua parcela de culpa no rumo que as coisas tomaram.

Por isso, o vírus não tem preconceito de raça, religião ou política, não pode ser preso pela imigração e, de acordo com a Teoria de Gaia, continuará a cumprir sua missão até restabelecer o equilíbrio natural ou até que uma vacina seja desenvolvida.

Mesmo que a situação atual cause medo acerca do futuro, há esperança no caminho. As pessoas precisam aprender sobre sustentabilidade e a viver em equilíbrio com toda natureza. Apenas assim, poderemos deixar de ser uma ameaça para a Terra e ela não precisa agir contra nós.

LEIA TAMBÉM:

02078