O que eram os oráculos: conheça a definição e história

O que eram os oráculos: conheça a definição e história

Previsão do futuro, respostas e resoluções. Desde a antiguidade, consultas ajudavam aqueles que buscavam conhecimento

O que eram os oráculos
Foto: Shutterstock

Para aqueles que buscam previsões sobre o futuro, adivinhações e respostas para seus questionamentos, os oráculos podem ter a solução. Derivada do latim, a palavra oráculo significa uma previsão realizada por uma pessoa ou entidade, que manifesta a vontade ou conselho de uma divindade. Ela também pode significar o lugar físico onde as pessoas procuram o conhecimento místico. Entenda mais sobre o que eram os oráculos!

O que eram os oráculos: história

Os oráculos gregos são os principais exemplos da história da prática, possuindo templos dedicados exclusivamente a esse tipo de exercício. O mais famoso é o oráculo de Delfos, dedicado ao deus Apolo. Construído no século VII a.C., o templo era visitado por milhares de pessoas, que buscavam do deus da verdade respostas para a vida. O oráculo de Zeus, na Grécia, e oráculo de Ámon, na Líbia, também fizeram grande sucesso entre a população da antiguidade.

Oráculo de delfos na grécia

Foto: Shutterstock

Os oráculos na atualidade

Estudos conduzidos por geólogos nas rochas e fontes de água da cidade de Delfos constataram que uma combinação de metano, etano e etileno formava um gás, que subia pelo chão aonde o oráculo de Apolo foi construído. Isso causava efeitos alucinógenos naqueles que frequentavam o templo e também na pitonisa, sacerdotisa do deus grego, que dava as previsões para aqueles que procuravam respostas.

Atualmente, o termo oráculo também é atribuído à objetos de previsão e consulta, como o tarô, búzios, moedas, quiromancia, numerologia, entre outros.

Agora que você sabe o que eram os oráculos, confira você também algumas respostas para suas dúvidas mais profundas com o Tarô do João Bidu clicando aqui!

LEIA TAMBÉM:

Os comentários estão desativados.