Últimas

Pomba-gira, Preto-velho, Malandro: você conhece os principais guias da Umbanda?

Por Ariadne Mussato 13/01/2020 ÀS 16H38
Pomba-Gira é uma das guias da religião Umbanda Pomba-Gira é uma das guias da religião Umbanda - Foto: Joa Souza/Shutterstock

As entidades espirituais que fazem parte da teologia da Umbanda são orixás e guias espirituais. As divindades são fontes de um magnetismo, elemento específico que transporta qualidades de Deus. Por exemplo, Oxum é a divindade feminina regente do elemento mineral, do magnetismo agregador que rege as emoções e controla o sentido da vida que é o amor. Sua materialização se encontra nas cachoeiras e rios enquanto santuário natural. Já os guias são espíritos humanos desencarnados em vários níveis evolutivos e vibratórios, como explica Rodrigo Queiroz, diretor da plataforma de estudos Umbanda EAD. Saiba quais são os guias da Umbanda e suas principais características.

Caboclo e Preto-Velho

São os pilares da estrutura espiritual religiosa. Simbolicamente, o Caboclo traz o arquétipo do índio, o homem da floresta, o nativo da natureza original, o símbolo do jovem determinado, forte e corajoso, integrado à natureza, o sagrado e a realidade urbana. Já o Preto-Velho é a personificação do ancião e do próprio culto ao orixá já reinterpretado ao olhar umbandista, inspirado da sabedoria, resiliência, humildade e paciência.

Pomba-Gira

É a força feminina que se manifesta à esquerda, juntamente com Exú. Traz a potência feminina e a relação prática com o sagrado feminino. São entidades amigas e guardiãs do plano espiritual, que caminham ao nosso lado buscando a evolução para seus espíritos e nos ajudam a alcançar o crescimento em vida. Na Umbanda, elas se dividem em linhas dos orixás, e suas manifestações se darão de acordo com o poder que manifesta cada orixá e o que as Pombas- Giras têm para ensinar aos seus filhos.

Malandro

É uma linhagem mais recente e tem como ícone o Zé Pelintra. Reflete aquele que vive à margem da sociedade e que se mantém forte, com jogo de cintura nas dificuldades da vida. É disso que se trata a malandragem, que não deve ser confundida com marginalidade.

Boiadeiro

É a figura do sertanejo, trazendo a religiosidade mista do homem agreste. Atuam potencialmente em limpeza pesada de energia e quebra de magia negativa.

Ciganos

É uma linhagem de espíritos que aportaram nos terreiros mais na década de 80, trazendo a representação do nômade, o indivíduo livre e autônomo em sua espiritualidade. Não se conecta com uma religiosidade específica e traz a mística oracular típica.

LEIA TAMBÉM

01705