Últimas

Veja oferendas para fazer a Iemanjá no Ano-Novo

Por Redação João Bidu 30/10/2019 ÀS 17H00

Iemanjá é a rainha das águas e da vida. Ela também é a protetora das mulheres e mãe de todos os Orixás. Sua dança imita os movimentos das ondas do mar, movendo as mãos como se estivesse lavando o mundo. Mesmo que se comemore seu dia em 2 de fevereiro, muitas pessoas têm o costume de fazer oferendas para Iemanjá no Ano-Novo. Essas homenagens na virada do ano acontecem sempre nas praias, em que as pessoas colocam flores, velas, cocadas brancas e perfumes em pequenas embarcações à beira-mar. Este é o local mais indicado para realizar as oferendas para este orixá, em agradecimento ao ano que se passou. Além dos barquinhos, é comum também ver as pessoas jogando flores contra a água, em reverência a ela. Conta-se que Iemanjá aceita os presentes quando as pequenas embarcações navegam um pouco e depois de um tempo afundam. Caso as oferendas entregues voltem para a pessoa, quase intactas ou totalmente completas, é porque o orixá não aceitou o que recebeu.

Quais são as oferendas para Iemanjá

A senhora dos oceanos gosta de velas brancas, rosas ou azuis, champanhe, calda de ameixa ou pêssego, arroz-doce, manjar, melão e rosas brancas (ela não aceita flores de outra cor). No Ano-Novo, muitas pessoas também oferecem perfumes, jóias e espelhos, já que Iemanjá é vaidosa. Vale lembrar que mesmo na tradição existe uma preocupação grande com a natureza. Por isso, quando um perfume é oferecido, as pessoas apenas despejam o líquido em cima das flores e frutas na embarcação, jogando o frasco no lixo. Já em relação às jóias e espelhos, ambos são deixados no terreiro aos pés dos orixás ou usados pela pessoa. LEIA TAMBÉM

noEmbed

01550