Últimas

Maria Mulambo: conheça a pombagira que protege casais em crise

Por Redação João Bidu 17/09/2021 ÀS 12H00
Conheça a pombagira que protege casais em crise! Conheça a pombagira que protege casais em crise! - Shutterstock

Maria Molambo ou Mulambo, como é popularmente conhecida, nasceu numa família rica e aos 15 anos foi pedida em casamento pelo filho de um rei. O maior sonho do marido de Maria, que tinha os seus 41 anos, era ter um herdeiro. Como ela não conseguia engravidar, o seu esposo constantemente a maltratava.

JÁ CONFERIU SEU HORÓSCOPO DE HOJE NO SITE DO JOÃO BIDU? VEJA AS TENDÊNCIAS ASTRAIS PARA O SEU SIGNO! 

Semana do cliente

Vida amorosa

Em um dos vilarejos que praticava a caridade com os mais humildes, conheceu um viúvo que cuidava sozinho de seus filhos. Os dois se apaixonaram, mas nunca chegaram a ter relações, pois respeitavam o casamento de Maria. Quando o rei morreu, seu filho, que era o esposo de Mulambo, assumiu o trono, mas ela era muito mais amada pelo povo, o que despertou a inveja do marido. Por causa disso, passou a agredi-la fisicamente. O viúvo do vilarejo, então, convidou Maria para fugir com ele para não ter que passar por essa violência. Ela aceitou e foi viver com o seu amado.

Flores

Quando Maria engravidou de seu amado, seu ex-esposo, humilhado, mandou que a buscassem no vilarejo para ser trancada e torturada dentro de uma masmorra. Após o castigo, o então rei mandou a jogarem no depósito de entulhos do reino. Lá, ela morreu. No mesmo local, começaram a nascer flores em dupla, representando Maria Mulambo e sua filha que não chegou a nascer.

Seus protegidos

Por conta de sua história de vida, a pombagira protege aqueles que sofrem no relacionamento amoroso. Mas não faz amarrações: apenas orienta mulheres e homens apaixonados e ajuda a desmanchar feitiços.

Ritual para pedir proteção a Maria Mulambo

Consiga um pratinho de barro (alguidar), uma garrafa de cidra (mantenha a garrafa fechada), três velas vermelhas e rosas vermelhas em número ímpar (1, 3, 5 ou 7). Arranje também cigarros ou cigarrilhas (o número vai depender da indicação da entidade no templo de Umbanda frequentado pelo fiel). Vá a uma encruzilhada em formato de “T” e deposite o alguidar com as velas acesas, as rosas e os cigarros ou cigarrilhas. No local, derrame um pouco da bebida. Jogue o resto do conteúdo e a garrafa no lixo.

LEIA TAMBÉM

04336