Últimas

Entenda os benefícios da prática do yoga durante a gravidez

Por Redação João Bidu 29/07/2020 ÀS 08H24
O yoga traz muitos benefícios para o corpo e a mente na gravidez O yoga traz muitos benefícios para o corpo e a mente na gravidez - Crédito: Freestocks.org/Pexels

A conexão entre o corpo e a mente permite que as fases da vida sejam sentidas de maneira mais serena, afinal, com ela é possível ter maior consciência e controle sobre os sentimentos e emoções que agem sobre si mesmo(a).

Ter consciência da própria vida, portanto, é aceitar as tranformações que são inevitáveis e utilizá-las a seu favor. Tais transformações podem ser diferentes para cada pessoa, porém, há mudanças que apenas são sentidas pelas mulheres durante a gestação. 

Trabalhar as emoções durante a gravidez ajuda na aceitação e na compreensão das mudanças, além de ser uma preparo para o que está por vir. E uma ferramenta poderosa para estabelecer essa conexão entre o corpo e a mente é o yoga, visto que ele funciona por meio da meditação, das técnicas de respiração e da atenção plena.

A prática também ajuda a fortalecer o corpo e proporciona alongamento dos músculos para evitar as dores durante a gestação e até depois do parto. 

Essas qualidades são apenas uma parte dos benefícios do yoga na gravidez. Portanto, confira como a atividade pode contribuir para essa fase de transformação, auxiliando o corpo e a mente das mulheres grávidas.

Benefícios do yoga na gravidez

Mais energia

Com as alterações no corpo da mulher, é muito comum que as gestantes se sintam mais cansadas durante o dia. Atividades que antes eram habituais também podem ficar mais exaustivas com o passar da gestação. Para ajudar nisso, o yoga possibilita uma maior recuperação das energias e da disposição. Assim, após os exercícios, há uma redução do cansaço e o corpo fica mais energético para executar qualquer tarefa.

Músculos mais tonificados

Ao tonificar os músculos, é possível evitar dores, principalmente as causadas pelo aumento do peso na região da barriga. O yoga não só fortalece os músculos, mas também trabalha as articulações do corpo. Essa atividade não precisa de equipamentos, uma vez que o próprio peso da pessoa já é o suficiente para fortalecer o corpo sem exigir demais dele.

Evita o inchaço

Um problema que toda gestante deseja evitar é o inchaço, especialmente nas pernas. Além de aumentar o cansaço físico, o problema pode causar irritabilidade e muito mal-estar. Nessa questão o yoga é muito benéfico porque melhora a circulação do corpo, combatendo, assim, que ocorra os indesejados inchaços.

Preparação para o parto

Algumas posturas do yoga podem ser utilizadas para preparar o corpo e a mente para o parto. Isso porque elas fortalecem a estrutura física e conectam a mente e o corpo da mulher no momento do parto. Além disso, o yoga desenvolve a técnica de respiração, que pode ser usada pela gestante para facilitar o processo do nascimento.

Já a meditação, outro elemento essencial do yoga, ajuda no controle e na compreensão das emoções e dos sentimentos. Os medos e as dúvidas que surgem durante a gravidez são reduzidos e, assim, a mulher consegue se sentir mais preparada e segura para viver plenamente as novas situações da vida.

Todas as gestantes podem praticar yoga?

A atividade, quando bem elaborada, não prejudica as mulheres. Porém, o ideal é começar os exercícios a partir do terceiro mês de gestação.

Se a pessoa já é praticante da modalidade, o hábito pode ser continuado durante toda a gravidez. Para quem está começando, o yoga restaurativo pode ser a melhor alternativa. Porém, se você ainda não tem o costume de praticar a modalidade, o ideal é começar apenas com um professor especializado em yoga para gestantes.

Yoga restaurativo

O yoga é uma técnica milenar de posturas para a conexão do corpo e da mente. Por meio dele foram criadas outras ramificações que utilizam o mesmo conceito, porém com execuções e objetivos diferentes.

No caso do yoga restaurativo - uma inspiração da modalidade tradicional - as posições são feitas com o corpo deitado no chão, porque o objetivo desse exercício é o relaxamento completo. 

É por isso que essa alternativa é eficaz para as gestantes, uma vez que proporciona a redução do estresse e promove uma reflexão sobre a vida. A atividade é capaz de trabalhar com as emoções mais puras, para desenvolver empatia e paz. Com o tempo, os pensamentos, as vontades e as atitudes são equilibradas com a essência da pessoa e o corpo dela passa a se sentir mais saudável e próspero.

Ter uma gestação calma e cheia de amor é o desejo de muitas mães, não é? Então, saiba que o yoga restaurativo pode ajudar a realizar esse desejo.

Como melhorar os resultados

Todos os exercícios serão sentidos pelo corpo e, com o tempo, trarão resultados. Contudo, se você quer algo imediato, utilize o yoga como uma ferramenta de autodesenvolvimento.

Então, enquanto estiver realizando as posturas, use o tempo da atividade para se conectar com suas virtudes, até que consiga encontrar o seu verdadeiro Eu. 

Para o sucesso de qualquer técnica, é preciso aceitar a sua ajuda. Portanto, permita que as atividades façam parte do seu cotidiano, porque os elementos delas, como a respiração e a meditação, podem ser colocados em prática em todos os momentos do dia. Isso mostra que o yoga não é apenas um exercício físico, mas um estilo de vida que, quando bem aplicado, trará mais força para o seu interior e, consequentemente, para o seu exterior.

LEIA TAMBÉM:

02397