Últimas

Astrologia da Semana no BBB: Nego Di vai defender ideologias, mas deve controlar impulsividade

Por Fernanda Villas Boas 29/01/2021 ÀS 14H30
Se depender das estrelas, o finalzinho de janeiro deve ajudar o comediante gaúcho Nego Di Se depender das estrelas, o finalzinho de janeiro deve ajudar o comediante gaúcho Nego Di - Shutterstock

(Período em que será líder 28 de janeiro a 4 de fevereiro)

Nego Di vai defender ideologias, mas deve controlar impulsividade

O comediante gaúcho tem Sol e Vênus iluminando seus valores, mas precisa se precaver contra Mercúrio retrógrado

Se depender das estrelas, o finalzinho de janeiro deve ajudar o comediante gaúcho Nego Di, primeiro líder do BBB 2021, em prova realizada na noite de ontem (28). O motivo: o Sol aquariano ilumina os valores e destaca a filosofia de vida de geminianos como ele, que completa 27 anos em 1º de junho. Não por acaso, Nego Di priorizou como vips mulheres e participantes negros, que, ao lado dele, já estão curtindo as regalias da liderança. 

Ontem, sob a Lua Cheia de Leão, o comediante foi brindado pela agilidade, uma das vibrações que essa Lua concede a Gêmeos. E o resultado? Primeiro lugar na prova de montagem do quebra-cabeça, ao lado do ator Lucas Penteado!

Na primeira semana da liderança, o gaúcho deverá reforçar suas convicções ideológicas, graças à presença do Sol e de Vênus em sua Casa da Sabedoria. Porém, a partir de domingo (31), Mercúrio entra em retrogradação, exigindo cuidado ao defender ideias. É possível que ele entre em contradição ou diga coisas inoportunas que ofendam os brothers. Eita!

 

FALSIANES – Na segunda (1), a Lua desembarca em Libra, favorecendo o convívio social e as parcerias. Porém, nesse mesmo dia, há risco de aproximação de “falsianes” e “falsianos”: um embate entre o Sol e Marte, que age no inferno astral do comediante, pode atrair essa galera e levar Nego Di a baixar a guarda ou agir por impulso, sem pensar direito.  

Na quinta (4), dia da troca de bastão da liderança, a Lua escorpiana aflora a intuição e, no caso de Nego Di, eleva o sexto sentido em relação ao trabalho. É possível, portanto, que ele já esteja com estratégias articuladas para levar para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. Será?

 

LEIA TAMBÉM: 

03311