Geral

Relacionamento saudável: como superar os obstáculos para uma boa convivência

Por Julia Abud 08/06/2020 ÀS 14H20
O diálogo é um dos pilares de um relacionamento saudável O diálogo é um dos pilares de um relacionamento saudável - Crédito: Ekaterina Bolovtsova/Pexels

Nesta quarentena, muitos relacionamentos estão sendo testados porque, para a grande maioria dos casais, esta é a primeira vez em que precisam passar 24 horas por dia juntos.

Durante esse tempo, conflitos podem ocorrer por causa do estresse provocado pelas circunstâncias da pandemia e pelas diferenças entre os parceiros, que antes não saltavam tanto aos olhos.

Para manter um relacionamento saudável, é preciso aprender a lidar com a personalidade e manias do par para evitar discussões e brigas desnecessárias. 

Lembre-se que todo mundo tem suas manias e que elas podem ser consideradas irritantes, portanto, as diferenças de ambos precisam ser resolvidas com igualdade e respeito. Pra isso confira como ter uma boa convivência em casal.

Dicas de boa convivência para relacionamento saudável

Lidar com as diferenças

Aprender a lidar com manias do parceiro não significa aceitar tudo que a pessoa faz. Isso porque há uma grande diferença entre costumes remendáveis - simples de serem resolvidos - e atitudes grosseiras ou humilhantes. 

A partir do momento em que você não se sente bem com a forma como é tratado(a) pelo(a) parceiro(a), algo precisa ser feito com urgência. Um relacionamento saudável é feito por meio de trocas de experiências, empatia, respeito e paciência. Para dar certo, a união precisa ser benéfica para ambos, então, não aceite menos do que merece e não seja indiferente com o par.  

Quando as manias irritantes forem o motivo da discussão, procure ceder um pouco com as opiniões - converse com calma, mostre que quer resolver a situação com paz e busquem, juntos, a solução para o problema. 

Outra saída para os momentos de atrito é destacar os aspectos, como atitudes e opiniões, que os conectam. Dessa forma, as diferenças são deixadas de lado dando espaço para o amor.

Respostas monossilábicas

Seu par costuma responder suas perguntas com apenas “sim” ou “não”? Essa atitude deixa qualquer pessoa irritada, principalmente quando o assunto em discussão é importante, não é? 

Um diálogo com alguém monossilábico é parecido com uma "não conversa", um monólogo. O assunto não sai do lugar e isso gera desânimo e irritabilidade, afinal, é como se a questão não fosse importante para o outro. Quando isso acontecer, faça questionamentos do tipo “por que não?” para que a pessoa perceba que você quer ouvir uma opinião mais detalhada.

Tirar as coisas do lugar e não colocar de volta

Mostre seu ponto de vista nesse tipo de situação para que a pessoa entenda como é irritante não encontrar os objetos. Se quiser fazer uma brincadeira, coloque um item do par em outro lugar, para quando ele for procurar, não o encontrar. Assim, a pessoa entenderá qual é a importância de manter cada coisinha em seu devido lugar.

Evite fazer o papel de "mãe/pai de todos". Seu parceiro é um adulto e precisa lidar com as responsabilidades do lar e do relacionamento tanto quanto você.

Deixar o chão do banheiro molhado

Chão molhado é um grande perigo, especialmente quando há crianças em casa. Além disso, o ambiente fica sujo muito mais rapidamente quando fica molhado. Portanto, o ideal é criar uma regra geral, para todos os moradores da residência: "Se bagunçou, arrume. Se sujou, limpe. Se molhou, seque!".

Para deixar a solução desse problema mais prática, mantenha um pano no banheiro exclusivo para secar o chão. Procure deixar também um tapete na entrada do box!

Não abaixar a tampa do vaso sanitário

Que tal deixar um recadinho em um lugar visível do banheiro? Assim, sempre que alguém vir o aviso, lembrará de abaixar a tampa. Outro método simples de manter o banheiro sempre em ordem é incentivar que todos da casa - mesmo os homens - usem o vaso sentados.

Os cuidados com o banheiro também são responsabilidade de todos os moradores. Se os serviços são sempre deixados para você, mostre como isso é desgastante e ofensivo.

Lavar roupa corretamente

Muitas pessoas podem esquecer desse detalhe na hora de lavar a roupa suja, principalmente se a tarefa for feita com pressa no dia a dia. Esses acidentes podem provocar uma grande briga, portanto, para evitar futuros problemas uma boa dica é deixar dois cestos de roupa sujas - um para peças brancas e um outro para o resto. Lembre-se de reutilizar a água da máquina para evitar desperdíços!

Outra forma de evitar esse problema é estabelecer dias da semana para cada cor, por exemplo: o domingo é dia de lavar roupas pretas, segunda-feira as brancas e quarta-feira as coloridas. Assim, é mais fácil manter a organização sem demandar tanto espaço para mais de um cesto.

Gostos pessoais

Reserve um tempo para desenvolver hobbies com seu parceiro e para fazer coisas das quais você gosta. Para manter a união do casal, o melhor é que ambos façam atividades de lazer juntos para fortalecer o relacionamento, o amor e ter mais aproximação.

Porém, você não precisa ficar 24 horas ao lado do parceiro! Mesmo em casa, crie suas próprias atividades, estude mais, desenvolva sua espiritualidade e procure ter mais momentos consigo mesma, fazendo algo que você gosta e que faça você se sentir bem.

Cobranças excessivas 

Se seu par anda jogando muitas cobranças sobre você, reflita sobre o assunto. Coloque-se no lugar da pessoa e pense: "faz sentido o que ela está falando?". Se sim, o que você pode fazer para melhorar a situação? Porém, algumas cobranças podem ser excessivas e refletir apenas as frustrações da outra pessoa.

O desemprego, as preocupações e os problemas financeiros são questões que deixam qualquer um no limite das emoções. Às vezes, os indivíduos descontam nos outros essa aflição interna que estão sentindo. Isso passará, assim como a pandemia, portanto, não acredite que você é culpado(a) pelas tristezas da outra pessoa. Mostre o seu lado da história e, se a situação piorar e sair do controle, a ponto de afetar seu psicológico, peça ajuda para os amigos ou família para não encarar esse problema sozinho(a). 

LEIA TAMBÉM:

02154