Fale conosco

Bem-estar

Conheça 5 plantas que ajudam a diminuir a vontade de fumar

Enfrente o tabagismo com ajuda das plantas - Crédito: Philippe Goulet/Unsplash

Não é novidade que o tabagismo prejudica a saúde dos pulmões, mas você sabia que até sua imunidade pode ser afetada por esse vício?

O ato de fumar atinge várias partes do corpo e é difícil encontrar alguma área que não seja negativamente influenciada por ele. 

Contudo, mesmo sabendo de tudo isso, o maior problema costuma ser lutar contra a vontade de fumar. Mas não se preocupe! Além dos métodos tradicionais, por meio do auxílio médico e psicológico, existem formas naturais de ajudar na batalha contra o tabagismo.

Uma delas é com as plantas que ajudam a diminuir a vontade de fumar. Descubra quais são elas!

Atenção: Antes de consumir os alimentos em chás ou comprimidos, é preciso consultar um médico para conferir se as plantas são ideais para você, visto que elas podem ter efeitos colaterais quando em excesso.

Efeitos do tabagismo

A saúde do organismo depende de uma série de fatores, como a alimentação saudável, sono regulado e com qualidade, além de boas doses de felicidade. Só assim o corpo tem a proteção suficiente para combater o desenvolvimento de doenças. Contudo, alguns hábitos impedem que isso aconteça naturalmente - e é aqui que o cigarro entra na história.

De acordo com um estudo realizado pela Faculdade de Medicina Baylor, nos Estados Unidos, e publicado na revista Science Translational Medicine, além dos casos de câncer e doenças nos pulmões, o tabagismo faz o sistema imunológico atacar o próprio organismo.

O que acontece é que o sistema de defesa atua contra invasores do organismo, como micróbios que causam doenças. Já os anticorpos e glóbulos brancos do sangue são os responsáveis por defender o organismo. E no caso do fumante, a pesquisa revelou que o corpo entende que a fumaça é um invasor, então passa a combatê-la.

Assim, os glóbulos brancos são ativados pela fumaça, ajudando a destruir as células do pulmão, levando ao quadro de efisema - que nada mais é do que uma irritação respiratória crônica que leva à diminuição da elasticidade dos pulmões e ao comprometimento dos alvéolos, responsáveis pela transformação entre gás carbônico e oxigênio.

Outro mal envolvendo o hábito de fumar é que as substâncias presentes no cigarro prejudicam o coração, o que pode desencadear problemas cardiovasculares. 

E se não bastassem os problemas citados acima, fumar também pode acelerar distúrbios oculares, como a catarata. Isso porque o cigarro impulsiona o envelhecimento natural dos olhos, em função do efeito estimulante da nicotina para a formação de placas de ateroma - acúmulo de lipídios - nos vasos dos olhos. 

Plantas que ajudam a diminuir a vontade de fumar

Ervas-de-São-Jorge

Mudar os pensamentos permite que a luta contra o vício seja menos dolorosa. Se você acha que necessita de um estímulo, a erva tem o efeito de fortalecer os pensamentos positivos. Assim, seu humor melhora e a disposição para deixar o cigarro de lado também cresce. Esse efeito é benéfico, principalmente durante a abstinência, que tende a ser o período mais complicado.

Ginseng

Só quem já passou pelo processo de abstinência sabe o desafio que é. Acredite, você não precisa passar por isso sozinho; peça a ajuda da família e dos amigos para receber o apoio necessário. Além disso, a planta ginseng também ajuda para combater a ansiedade, que pode surgir durante o tratamento contra o vício. A sensação de fadiga é reduzida e o corpo é fortalecido com as substâncias da erva.

Aveia-comum

O organismo precisa ter seus aliados para não sucumbir ao efeito da falta do cigarro, não é? A aveia-comum é ideal para dar um jeito na fraqueza do corpo e na fadiga. Outro problema que pode ser contornado com o alimento é o início da depressão. Por ser rica em nutrientes - como magnésio e zinco - a aveia será uma ajuda a mais para aumentar a disposição e a sensação plena de bem-estar.

Gengibre

O desejo de fumar parece que surge do nada e, por vezes, há gatilhos que despertam essa vontade. O estresse, preocupações, ressentimentos e até situações típicas do cotidiano, como sentar-se para assistir um filme, são motivos para querer pegar um cigarro. Observe como a vontade surge em você. O que você fez quando ela apareceu? Onde você estava? O que estava pensando antes de sentir a necessidade do cigarro? Anote tudo e passe a evitar seus gatilhos. Porém, se a vontade de fumar já for grande, utilize o gengibre para diminuir o impulso; o sabor do alimento age como uma máscara no paladar. Em seguida, comece a fazer outras atividades para ocupar a mente e logo você perceberá que o desejo sumiu.

Hortelã

O hortelã é um alimento que dissipa o desejo de fumar e proporciona grandes benefícios para sistema digestivo - e pra melhorar, ele combina com diversas receitas de comidas e drinks! Além de tudo, a hortelã também evita náuseas, ajuda a relaxar o organismo e alivia as dores de cabeça. Então, não deixe de lado a oportunidade de beber uma xícara de chá de hortelã ou de utilizá-la nos seus pratos do dia a dia.

LEIA TAMBÉM:

Por