Geral

Eclipse 5 de julho: encerramento de um ciclo de dois anos

Por Bruna Giorgi 02/07/2020 ÀS 16H50
Confira as energias do eclipse lunar de 5 de julho Confira as energias do eclipse lunar de 5 de julho - Crédito: AstroStar/Shutterstock

No próximo dia 5 de julho, teremos um eclipse lunar penumbral, visível no Brasil, durante a madrugada - mais especificamente a 1h30 da manhã.

Esse eclipse não apenas encerra a atual temporada de eclipses, iniciada no dia 5 de junho, mas também encerra o ciclo de eclipses no eixo Câncer-Capricórnio, que vivenciamos desde 2018.

Eclipse 5 de julho: o encerramento do ciclo

Os eclipses chegam em pares ou trios, ou seja, em um curto período de tempo - cerca de um mês ou quarenta dias - ocorrem dois ou mais eclipses. 

Nesta temporada, tivemos o primeiro eclipse lunar no eixo Gêmeos-Sagitário em 5 de junho. O segundo foi solar no eixo Câncer-Capricórnio em 21 de junho e, por fim, teremos outro lunar também no eixo Câncer-Capricórnio. Portanto, este eclipse do dia 5 de julho encerrará a temporada.

Além disso, ele encerra o ciclo de eclipses que tivemos desde julho de 2018 no eixo Câncer-Capricórnio. 

Eclipses são eventos poderosos e que transformam, seja trazendo coisas novas ou impondo um fim ou um limite para algo que está pressionado.

Durante dois anos, muitas questões relacionadas à nossa família e carreira podem ter mudado. Seria interessante conhecer seu mapa astral para identificar quais das suas Casas astrológicas este ciclo de eclipse impactou - no caso, seriam as casas onde estão Câncer e Capricórnio.

Confie nos eclipses

Os eclipses representam um fim, a conclusão de um ciclo e, à medida que esse ciclo termina, podemos ser capazes de sintonizar os dons e recompensas que estão esperando por nós.

Embora haja recompensas a serem entregues, também há uma liberação final ou eliminação. Seremos guiados a liberar algo de nossas vidas, algo que estivemos segurando e que agora está pronto para ser devolvido e substituído por algo novo.

Eclipse lunar em Capricórnio

Estaremos sob a energia da Lua Cheia, quando há um conflito entre razão e emoção. Sob o poder deste eclipse de 5 de julho, vamos acompanhar o fluxo e o ritmo de como nos sentimos.

Esse Eclipse fará o trabalho de remover o que não é mais necessário e a nossa tarefa é compreender o que realmente faz parte da nossa vida.

O que for rompido pode ser doloroso à primeira vista, no entanto, nos deixará mais leves e livres para adquirir energias novas e mais alinhadas ao nosso ser.

Força e exaustão

Os eventos durante todo o mês de junho foram muito intensos e o eclipse lunar também pode nos deixar cansados energeticamente. Por isso, sejamos gentis com nós mesmos; precisamos descansar e recarregar as energias.

Contudo, os eclipses também podem afetar o nosso ciclo de sono. Então, invista em meditação e atividades que diminuam a ansiedade.

Honre a jornada

Olhar lá atrás, para 2018, pode nos trazer otimismo. Este eclipse tem a função de encerrar um ciclo duas vezes, com duas chaves. Essa energia, inclusive, pode ser repercutida em até seis meses. É muito importante que reservemos um tempo para refletir e criar consciência sobre nossa jornadas. 

Usemos a energia poderosa de eclipse para honrar nossa jornada; as mudanças, a convulsão e o fluxo da nossa vida. Honre-se por quem você é hoje.

Signos que mais sentirão o eclipse

O eclipse ocorrerá no grau 13 de Capricórnio-Câncer. Por isso, esses signos serão mais impactados, bem como Áries e Libra.

Olhe no seu mapa e veja se há algum planeta próximo ao grau 13 nos quatro signos mencionados; é ali que o eclipse terá mais impacto.

Após esta temporada, a próxima se iniciará em novembro no eixo Gêmeos-Sagitário.

Texto: Bruna Giorgi - Astróloga

Instagram: @in.flua

LEIA TAMBÉM:

02290