Fale conosco

Religiosidade

Dia de Santa Marcelina: conheça sua história de vida e oração

Conte com a intercessão de Santa Marcelina - Crédito: Reprodução

Santa Marcelina é um exemplo de dedicação e de perseverança. Antes mesmo de completar seus 20 anos, a jovem perdeu os pais e, por ser a irmã mais velha, educou os dois irmãos com os ensinamentos da religião cristã.

Sua vida foi dedicada à devoção a Cristo e suas ações influenciaram muitos jovens a seguirem o mesmo caminho, com muito amor ao próximo, caridade, humildade e fé.

Dia de Santa Marcelina é comemorado em 17 de julho, data marcada por seu falecimento e lembrada em sua homenagem. Para celebrar este momento, conheça mais sobre a história da jovem bondosa e reze a oração da Santa Marcelina para que sua fé seja fortalecida no amor de Jesus Cristo.

Quem foi Santa Marcelina

No ano de 327, em Roma, Marcelina nascia em uma família nobre e muito conhecida. Em função do poder de sua família, todos acreditavam que a jovem seria da alta sociedade e teria um casamento ilustre com algum homem da nobreza. Porém, a história de Marcelina seguiu por outra direção.

Aos 13 anos, Marcelina perdeu seu pai repentinamente e, pouco antes de atingir seus 20 anos de idade, também perdeu sua mãe.

As mortes abalaram os corações dos filhos, mas Marcelina tinha uma grande responsabilidade nas mãos: criar seus dois irmãos mais novos. E foi o que ela fez, com dedicação e esperança em que o futuro deles seria de paz.

Mesmo dedicando seu tempo à criação dos irmãos, ela decidiu que teria uma vida consagrada a Deus e, para isso, recusou os pedidos de casamento e permaneceu virgem.

Contudo, essa atitude não foi bem recebida pela sociedade da época. Para a população, não fazia sentido tal decisão tão fora do comum.

Marcelina foi ainda mais julgada quando renunciou sua fortuna para levar uma vida mais simples e passou a viver próximo de Milão, onde poderia ter maior contato com a natureza.

Sua dedicação aos ensinamentos católicos era tão plena que, em uma noite de Natal, no ano de 353, Marcelina foi agraciada com o véu da consagração, dada pelas mãos do Papa Libério. O potífice afirmou que Marcelina - que na época tinha apenas 25 anos - ainda influenciaria muitos jovens - e essas palavras se concretizaram.

Para aumentar seus conhecimentos e conseguir levar as palavras de Cristo para cada mais pessoas, principalmentes aos mais novos, Marcelina intensificou seus estudos e acolheu diversas virgens que também desejavam seguir seu caminho. Todas elas ajudavam os doentes e realizavam trabalhos para amparar os mais pobres.

Os dois irmãos de Marcelina também tiveram grande destaque na sociedade; enquanto um, chamado Ambrósio, se tornou o bispo mais reconhecido de Milão, o outro, Sátiro, trabalhou ao lado dos irmãos durante toda a vida exerceu um cargo público.

Marcelina faleceu em 17 de julho de 397 e seu corpo foi sepultado na Basílica Santambrosiana, em Milão. Porém, seu legado não acabou aí; sua fé e devoção ganharam tanta força que, em 1838, o Beato Luigi Biraghi criou a Congregação das Irmãs Marcelinas, na mesma cidade em que Marcelina morreu. Seguindo o exemplo da santa, a Congregação ajuda e educa jovens que querem ter uma vida baseada na fé cristã. 

Oração da Santa Marcelina

"Santa Marcelina que por amor a Jesus, viveste para semear o amor por todos caminhos que percorreste, a vós eu imploro em nome de Deus e de Nosso Senhor Jesus Cristo, que a minha fé se fortifique e que eu me transformando por ela, possa também semear o amor entre todos que vivem ao meu redor e entre aqueles que apenas rapidamente passam pelo meu caminho. Que assim seja". Reze um Pai-Nosso e uma Ave-Maria.

LEIA TAMBÉM:

Por