Fale conosco

Amor

Saiba como não virar estatística do aumento de casos de HIV entre brasileiros!

Na imagem, uma camisinha rosa e pílulas de remédio estão divididas entre um linha traçada em uma superfície branca. Casos de HIV. - Reprodução/Pixabay

Novos dados do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis do Ministério da Saúde apontam que o número de casos de HIV aumentou no Brasil, infectando, principalmente, os jovens. Segundo o levantamento, na faixa de idade entre 15 a 19 anos, a taxa triplicou de 2,4 em 2006 para 6,9 a cada 100 mil habitantes em 2015. Além disso, no grupo entre 20 a 24 anos, os casos dobraram de 15,9 para 33,1. Saiba mais sobre a doença e como se proteger!

Diferença entre HIV e Aids

 Aumento dos casos de HIV

O principal motivo que causou o crescimento de pessoas infectadas pelo vírus é a falta de uso da camisinha nas relações sexuais, isso devido a falta de informação. O maior mito, gerado pelo preconceito, é achar que somente os homossexuais pegam a doença. Qualquer pessoa, independente de gênero e orientação sexual, está correndo perigo se transar sem proteção. Além disso, pílula anticoncepcional,  DIU, adesivos, entre outros tantos métodos contraceptivos, servem unicamente para evitar apenas a gravidez. A camisinha é o único produto disponível no mercado que protege contra DSTs!

Sintomas e meios de transmissão

É importante lembrar que não se contamina com HIV abraçando, beijando e tocando em pessoas soropositivas. Uma pessoa que toma os remédios de modo correto consegue viver o tempo e a qualidade de vida, igual a qualquer outro que não tenha os vírus. Além disso, ao reconhecer os sintomas, um médico deve ser consultado para iniciar o tratamento.

Existe um estudo sobre um novo modo de conter a doença, capaz de atacar até 99% dos vírus. Ainda assim, os testes irão começar em 2018, e está em fase inicial. Entretanto, essa nova informação não é motivo para transar sem proteção. Camisinha SEMPRE!

LEIA TAMBÉM

Texto: Camila Ramos noEmbed

Por