Nomes de origem indígena: saiba o significado deles

Nomes de origem indígena: saiba o significado deles

Confira o significado de alguns nomes de origem indígena e acerte na escolha para o seu filho. Escolha o nome e significado que mais lhe agradarem!

nomes de origem indígena
Foto: Reprodução/Pixabay

Ao saber da chegada de um novo filho, uma mistura de sentimentos se reúnem na cabeça dos pais: alegria, dúvidas, ansiedade… Entre tantas coisas a pensar, o nome do bebê é um dos itens mais importantes. Afinal, nada mais pessoal do que o nome. Ele vai acompanhar a pessoa por toda a vida e é por meio do nome que o indivíduo será conhecido pelas pessoas. Para ajudar você a escolher o nome de seu filho, confira os nomes de origem indígena mais comuns e seus significados.

Nomes de origem indígena:

Aimberê – Duro, rígido.
Aimoré – Aquele que morde.
Amary – Árvore frondosa.
Anajé – Gavião.
Anhanguera – Fantasma, espectro, espírito diabólico.
Apoena – Aquele que enxerga longe.
Araponga – Ave sonante, que produz som.
Araquém – Pássaro que dorme.
Araúna – Pássaro escuro.
Araxá – Lugar de onde primeiro se avista o sol.
Avaré – Amigo, missionário.
Baependi – Expressão que significa “o que queres?”.
Bagé – Solitário.
Baíra – Deus criador. Feminino: Bairaê.
Bambuí – Rio muito rápido e sinuoso.
Baraúna – Madeira escura.
Birigui – Mosquito.
Buriti – Árvore da vida.
Cauã – Grande ave.
Caubi – Jequitibá, mato verde.
Cauê – Homem bondoso. Também pode ser derivação de uma forma de saudação.
Coaraci – Sol, verão.
Cymeíma – áspero, rugoso, não liso.
Eçabara – Campeador, ou seja, aquele que cavalga.
Eçaí – Aquele que tem olhos pequenos. Outro significado é pessoa alegre.
Eçaúna – Aquele que tem olhos negros.
Ecoema – Significa manhã.
Eiratim – Espécie de abelha.
Emarã – Aquele que é maledicente.
Guarapuava – Lobo bravo.
Iabá – Arrogante, prepotente, orgulhoso.
Iapuama – Cheiroso, perfumado.
Iberê – Rio raso, rasteiro. Variantes: Iber, Itiberê.
Ibiã – Barranco, encosta.
Ibiacy – Terra fértil, boa para cultivo.
Ibiapina – Pedaço de terra sem vegetação.
Ibotira – Espécie de flor.
Iguapé – Seio d’água.
Iguatu – Água boa.
Ijuí – Rio das rãs.
Itagi – Ferramenta, martelo de pedra.
Japira – Significa mel.
Jupará – Nome de uma espécie de macaco.
Jurandir – Aquele que só diz palavras doces.
Juriti – Ave que se assemelha a um pombo.
Jurupari – Espírito do mal, demônio.
Kaluanã – Grande guerreiro.
Macaxeira – Significa diabo, espírito do mal. A associação se deu por meio do consumo inadvertido da raiz e as consequências maléficas para o organismo.
Maracaju – Aquele que vem das terras altas, do pico do morro.
Mearim – Rio que banha todos, rio do povo. Variante: Meari.
Peri – Significa esteira de junco.
Piragibe – Significa barbatana, ou “braço de peixe”.
Rudá – Aquele que recorda. Na mitologia tupi, Rudá é o deus do amor, cuja função é incitar o afeto no coração dos homens, despertando o sentimento da saudade.
Uberaba – Local de águas cristalinas, límpidas.
Ubiraci – Madeira boa, de alta qualidade. Variante: Ubiracy.
Ubirajara – Senhor da lança.
Ubiratã – Tacape (tipo de arma de ataque), vara rígida, bastão duro.
Urubupungá – Som emitido pelos urubus, grasnar de urubus.
Uruburetama – Local onde vivem urubus.

Qual desses nomes de origem indígena você mais gostou? Comente!

Edição: Thomás Garcia/Colaborador | Design: Gabriel Andrade/Colaborador

LEIA TAMBÉM:

 

Os comentários estão desativados.