Nanã: auxilia nos estudos e também a tomar decisões difíceis

Nanã: auxilia nos estudos e também a tomar decisões difíceis

Nanã é a mais antiga dos Orixás e protetora das pessoas nascidas entre 23/10 a 21/11

Nanã
Foto: Eugênio/Alto Astral

Os adeptos da umbanda e do candomblé celebram hoje o dia de Nanã. É um paralelo com o Dia de Sant’Ana, mãe de Maria, que é comemorado pelos católicos, e também com o Dia dos Avós. A orixá se enquadra como “avó”, porque é a mais velha das divindades femininas, segundo as tradições religiosas afrobrasileiras. Ela é chamada de senhora da sabedoria.

O candomblecista Paulo de Oxalá explica que Nanã vive nos pântanos e nos manguezais. “Ela detém toda a sabedoria da ancestralidade iourubá”, conta. Para quem não sabe, iIourubá é a religião africana da qual se origina o candomblé.

Nanã ajuda quem precisa de foco e raciocínio afiado para estudar. Ela deve ser evocada antes de provas e concursos, e também na hora de tomar decisões difíceis. Sua saudação é “Saluba, Nanã”, que significa “Salve, Pantaneira”. Para reforçar as vibrações dessa poderosa orixá, é indicado usar as cores branco e lilás, que simbolizam a inteligência e estimulam ao progresso. O perfume ideal é o de jasmim.

Ela é a orixá protetora dos que nasceram entre 23/10 a 21/11. Descubra, a seguir, como ela influência na sua personalidade e modo de agir.

 

LEIA TAMBÉM

Texto: Fernanda Villas Bôas | Ilustração: Eugênio Tonon/Colaborador | Consultoria: Ricardo Tavares, esotérico| Edição: Vítor Ferreira e Thomás Garcia/Colaborador | Design: Aline Barudi

Os comentários estão desativados.