Notícias

Mottainai: conheça a filosofia japonesa contra o desperdício

Por Julia Abud 20/05/2020 ÀS 10H17
Com a filosofia mottainai, podemos diminuir o desperdício e ajudar o meio ambiente Com a filosofia mottainai, podemos diminuir o desperdício e ajudar o meio ambiente - Crédito: readymade/Pexels

De acordo com uma pesquisa feita pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) com o apoio da Fundação Getúlio Vargas, o brasileiro joga, em média, mais de 40 quilos de comida no lixo por ano.

Essa realidade é motivada pela preferência de ter sempre alimentos frescos na mesa, além da crença ultrapassada de que comprar uma grande quantidade de alimentos e produtos para estocar na despensa, é a melhor opção.

Porém, essa atitude é uma grande fonte da produção desenfreada de lixo, do desperdício sem controle e, consequentemente, da destruíção do meio ambiente.

Em contrapartida a isso, existe uma filosofia japonesa, chamada monttainai, que pode ser aplicada para mudar essa realidade e nos ajudar a levar uma vida mais saudável e sustentável.

Portanto, se você quer mudar esse cenário e tornar seus hábitos menos prejudiciais à naturaza, entenda o que é mottainai e aprenda a utilizá-lo no dia a dia para evitar o desperdícios e economizar mais.

O que é mottainai

O monttainai pode ser traduzido de forma mais simples como "desperdício", porém, sua intenção é transmitir pesar e conscientização acerca desse ato.

"Mottai" é um termo budista que se refere à essência das coisas, enquanto "nai" significa negação. Portanto, "mottainai" simboliza uma tristeza sobre a falta de valor que damos às coisas que desperdiçamos. Além disso, esse termo também busca lembrar as pessoas da importância que cada pequena coisa tem e que devemos tratar todas com cuidado e atenção.

Não desperdice

Se todos os objetos, tecidos, alimentos e outros itens inanimados têm uma alma - uma essência particular - o desperdício não pode ser considerado "normal". A quantidade de lixo produzido no Brasil, por exemplo, pode ser diminuída e até ter um destino melhor se essa filosofia de vida for desempenhada, a começar dentro dos lares.

E não é só sobre alimentos; a indústria têxtil está entre uma das maiores poluentes do mundo, o que também pede maior consciência acerca do consumo da moda.

Uma técnica de costura para evitar o desperdício de tecidos que utiliza a filosofia mottainai, é o boro. Nele, é empregado o bordado sashiko, em que são remendados pedaços de tecido para que todas as partes de um pano sejam utilizadas e nada seja jogado fora.

Essa ideia era muito comum no Japão; por vezes, uma peça começava como um kimono, depois se tornava uma roupa para o dia a dia e, algum tempo depois, poderia ser uma sacola, até terminar seu ciclo de vida como pano de chão.

Reciclagem e o uso dos 5Rs

Mudanças no cotidiano podem fazer grande diferença na qualidade da vida das pessoas, e o primeiro passo pode ser a reciclagem. 

Separar adequadamente o lixo, de acordo com suas propriedades, facilita que ele tenha um destino certo, evitando a contaminação do meio ambiente. Além disso, estimular a reciclagem faz com que o lixo possa ser reutilizado na fabricação de objetos que retornarão para a sociedade - e isso também possibilita um maior crescimento econômico, porque evita a produção de novas matérias primas, e auxilia no desenvolvimento do país.

A prática do mottainai pode ser compreendida como base dos "5Rs": repensar, recusar, reduzir, reutilizar e reciclar. Portanto, repense o quanto você gasta em produtos sem necessidade; recuse essa realidade consumista; reduza o consumo exagerado, seja de alimentos, roupas, água ou quaisquer produtos diários; reutilize tudo que por possível e recicle o lixo, em respeito à natureza.

Ressignifique

Comece a mudança pela sua casa; em vez de jogar alimentos no lixo, reflita como você pode utilizá-los nas receitas ou nas plantinhas, como adubo. Com tantas pessoas passando fome no Brasil, cada grão de alimento precisa ter um destino adequado. Se algo não tiver mais utilidade para você, pense que essa mesma coisa pode fazer a diferença na vida de alguém.

Roupas velhas podem se transformar em panos de limpeza, tapetes ou serem customizadas para retornarem de cara nova ao guarda-roupa. Garrafas são perfeitas para o cultivo de plantas e pneus velhos podem ser revestidos com panos, para se transformarem, por exemplo, em assentos ou caminhas de cachorro.

Mas, se você não souber fazer nada disso, encaminhe esses itens a alguém que saiba; com certeza eles serão bem utilizados e poderão ajudar muito outras pessoas.

As possibilidades são infinitas e um pouco de criatividade e vontade de fazer algo pelo mundo podem ser o suficiente para criar um novo item. Aproveite e veja quais são as necessidades da sua cidade e como você, junto a outros cidadãos, pode resolvê-las com a reutilização de objetos.

Atitudes eficazes, com base na filosofia mottainai, podem ser propagadas em condomínios, praças e bairros para o benefício de todos habitantes e, consequentemente, de toda a natureza.  

LEIA TAMBÉM:

02071