Júpiter em Capricórnio trará ares de rigorosidade para 2020

Com a entrada de Júpiter em Capricórnio, a rigorosidade reinará

A astróloga Erica Paiva explica que a energia da semana está fortíssima

jupiter em capricornio
Foto: Shutterstock/

No dia 3 de Dezembro entra Júpiter em Capricórnio. Aliás, este será um mês de grandes mudanças energéticas. Já não bastasse toda a ansiedade de fim de ano por causa das festas, natal, presentes para comprar… socorro!

Até o domingo, dia 30, Mercúrio estará em aspecto exato com Saturno, isto significa uma semana séria, com palavras contidas, energias de seriedade, severidade, e até mesmo retidão. Excelente para firmar compromissos. A Lua Nova, que vai durar até o próximo domingo, estará favorável para conversas em que você objetive calma e retidão.

Dia 26 passado iniciou a Lua Nova em Sagitário e tudo o que for feito em Magia nesta semana terá algum sinal ou resultado na próxima Lua Cheia em Gêmeos. A dica é que em semana de Lua Nova, você priorize fazer o que você queira manter em segredo. Para publicidade e grande alcance, deve-se publicar ou lançar algo a partir de três dias antes da Lua Cheia e na semana seguinte.

Vênus, o astro do amor, dos negócios, dos acordos, conciliações e principalmente da beleza e charme, entrou em Capricórnio último dia 27 novembro, reforçando a sensatez e calma nas relações. A beleza que vai se destacar no momento é a clássica e estilo minimalista. Muito foco nas mulheres empreendedoras e de destaque na vida profissional. E, também, a data de sorte para se apaixonar será entre 08 e 09 de dezembro.

A dica de magia para quem quiser fortalecer um compromisso ou investir em relacionamento sério, com exclusividade e fidelidade, é que a melhor energia para isso será nos dias 10 e 11 de dezembro, quando Vênus encontra Saturno. Cuidado pois nestes dias os relacionamentos que já tiverem mais vitalidade e já tiverem cumprido o destino poderão terminar. Evite cobrar a pessoa parceira.

Júpiter em Capricórnio: como te impacta?

Júpiter tem fama de bonzinho, de prosperidade e de riqueza. É comum a todo lugar referir-se a Júpiter pela palavra-chave “expansão”. No entanto, é um símbolo muito mais misterioso do que se poderia acreditar.

O processo regido por este astro sempre leva à expansão e ao aumento de consciência, porém, algumas vezes através de provas bem terríveis. Como vimos neste ano que está acabando, houve muito exagero. A partir de agora, reinará a severidade. A lei do retorno a todos e a tudo em que houve exagero e abuso, haverá a cobrança e acerto de contas pela justiça do universo.

Júpiter é o oposto de Saturno. Ambos são os astros que regem as pessoas de destaque na sociedade, no sentido de guiar o grupo.

Saturno é contração e limite, o que é fundamental para construir algo. Júpiter é o impulso em direção ou inteiro e universal. Um equilibra o outro. Porém, a partir de dezembro acaba a energia de expansão e exageros que reinou desde novembro de 2018 e entra a energia de severidade.

Júpiter em Capricórnio estará à disposição de Saturno. É como se Xangô se retirasse na dança e abrisse caminho para os conselhos de sabedoria dos Pretos-Velhos.

Sabemos que 2020 será regido pela carta do Imperador e número 4. Na Astrologia isto será reforçado por Saturno e vamos falar mais sobre isso em nosso próximo artigo na semana que vem, não percam!

Texto: Erica Paiva, astróloga.

Instagram @astrologaonline / @ericapaivart

LEIA TAMBÉM

Os comentários estão desativados.