Notícias

Dia do Meio Ambiente: 9 hábitos que ajudam a preservar a natureza

Por Julia Abud 05/06/2020 ÀS 13H13
Pequenas atitudes diárias podem fazer toda a diferença Pequenas atitudes diárias podem fazer toda a diferença - Crédito: Lucas Allmann/Pexels

O Dia do Meio Ambiente é uma data comemorada em âmbito mundial há 48 anos. Ela foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, na cidade de Estocolmo, capital da Suécia.

A data foi escolhida para ressaltar a necessidade de cultivarmos hábitos sustentáveis, chamando a atenção das pessoas para os crescentes problemas ambientais e o uso descontrolado dos recursos naturais. 

A discussão acerca dos cuidados com a natureza vem tomando cada vez mais espaço nas pautas sociais, mas o Dia do Meio Ambiente está aqui para lembrar que, mesmo em quase meio século de celebração, ainda estamos muito distantes do cenário ideal.

Porém, é importante reforçar a ideia de que, se cada pessoa fizer a sua parte, é possível diminuir cada vez mais os danos ambientais e, assim, preservar nossa natureza, que é tão essencial para nossa vida na Terra.

Por isso, separamos 9 atitudes simples que você pode adaptar ao seu dia a dia e colaborar para a preservação do meio ambiente, mesmo que a passos curtos.

Como preservar o meio ambiente

Menos lixo

Um dos hábitos mais defendidos é a diminuição de lixo. Mas, como fazer isso? Pode parecer difícil, mas não é! Você pode, por exemplo, reaproveitar itens que você jogaria no lixo; que tal doar, estilizar ou até mesmo usar como pano de limpeza aquela peça de roupa que você não quer mais? Ou até reutilizar aquele pote de plástico que você normalmente descartaria. Além disso, uma prática fácil e muito eficaz é subsituir as sacolas plásticas pelas reutilizáveis - você só compra uma vez e diminui drasticamente a circulação de plástico no planeta!

Recicle 

A separação do lixo pode ser algo óbvio e fácil, mas infelizmente ainda tem poucos adeptos. Ela é importante não só para que os materiais sejam reciclados em vez de descartados de forma incorreta, poluindo o meio ambiente, mas também para girar a economia, uma vez que existem pessoas que se sustentam com a venda de materiais recicláveis ou até de produtos reciclados.

Compostagem

Que tal dar um destino diferente para o lixo orgânico gerado diariamente na sua casa? Com a prática da compostagem, você pode transformar os restos de alimento, como cascas de legumes e frutas, folhas secas e até borra de café em húmus - um adubo orgânico ótimo para as plantas! Quem sabe você não vende esse produto final e faz um dinheiro com isso, preservando o meio ambiente?

Cuidado com o descarte

Além da reciclagem de materiais como papel, plástico e alumínio, é imprescindível ter cuidado com o descarte de materiais tóxicos e altamente poluentes, como remédios, pilhas e óleo - mesmo o de cozinha! Pra isso, separe os itens que precisam de coleta especial e procure um local mais próximo a você que realize-a. Os medicamentos, por exemplo, podem ser descartados corretamente em farmácias - super fácil e prático!

Economize!

Se engana quem pensa que economia é só de dinheiro! A economia de água e energia também são atitudes extremamente benéficas para o meio ambiente, que podem fazer toda a diferença! Está escovando os dentes? Desligue a torneira! Durante o dia, evite deixar as luzes ligadas e apague-as sempre que for sair de um local. Viu como pequenas atitudes simples podem preservar a natureza?

Dia sem carne

Se você não consegue aderir ao vegetarianismo ou veganismo, que tal instituir um dia da semana para evitar comer carne? Isso porque, para produzir 1 quilo de carne de frango, são utilizados 3 mil e 700 litros de água, enquanto o quilo de carne suína leva 6 mil litros e o quilo de carne bovina exige cerca de 17 mil litros!

Consumo consciente

Você realmente conhece as marcas das quais consome? Elas são preocupadas com o meio ambiente? Se sua resposta for não, saiba que ainda há tempo de rever alguns de seus consumos. Por exemplo: substitua os grandes comércios por produtores locais e prefira alimentos orgânicos. Mas, não para por aí! A indústria da moda é uma das mais poluentes - para se ter uma ideia, a produção de uma única calça jeans usa 10 mil litros de água, que são poluídos com as toxinas do jeans e retornam ao meio ambiente de forma totalmente prejudicial. Então, vale repensar se você precisa mesmo de uma roupa nova e avaliar se as suas marcas favoritas se preocupam em produzir peças sustentáveis, com fibras recicladas e menor desperdício, por exemplo.

Meio de transporte

Atualmente, é essencial discutir a necessidade de um transporte particular para cada pessoa. Em vez disso, dê carona para pessoas que fazem a mesma rota que você, substitua o carro por bicicleta, patinete ou até por uma caminhada se o trajeto for curto e, sempre que possível, opte por utilizar os transportes públicos! Sabemos que, neste momento de pandemia, eles devem ser evitados, mas leve essa dica para a vida toda!

Compartilhe a mensagem

Sabemos que juntos somos mais fortes, então, compartilhe as dicas de preservação do meio ambiente com seus amigos, familiares e colegas de trabalho! Afinal, quanto mais gente criando hábitos sustentáveis, menores serão os danos à natureza! Incentive as pessoas próximas a você a exercerem essas pequenas atitudes e mantenha a pauta ambiental na educação de seus filhos. Assim, quem sabe, possamos criar gerações cada vez mais engajadas e preocupadas com o nosso planeta!

LEIA TAMBÉM:

02159