Notícias

Como encarar a pandemia do Coronavírus com união e espiritualidade

Por Tina Kara 23/03/2020 ÀS 13H49
Combater a pandemia depende da nossa união - mesmo que de longe Combater a pandemia depende da nossa união - mesmo que de longe - Shutterstock/Waraporn Wattanakul

Algo intensamente espiritual está acontecendo. O mundo parou. Não importa o quanto você ganha, qual o grau da sua fama, o carro que você dirige, as roupas que você veste. Nada disso, neste momento, importa! 

O mundo parou. As ruas vazias, lojas e bares fechados, somente o essencial continua em funcionamento. Pessoas estão dentro de casa e as famílias estão reunidas. 

Neste momento não importa a fama, a glória, o status; estamos todos conectados em prol de nós mesmos. Ajudar a si mesmo nesta crise é ajudar ao outro. Essa é maneira de entendermos que todos somos um. O universo está querendo nos fazer perceber que chegou a hora de todos nós, sem exceção, vibrarmos na mesma sintonia.

O ano de 2019 foi o ápice de uma humanidade turbulenta, foi um ano rápido e complicado, com pessoas perdidas dentro de si mesmas, sem tempo para refletir, impossibilitadas de olhar para o outro.  E aí entrou 2020 para colocar a lei e a ordem a favor da humanidade - ironicamente, de uma forma bastante cruel, mas não havia outro meio de brecar a insanidade que estávamos vivendo. Foi necessário o medo e o pavor, para todos pararem. E paramos! 

Chegou a hora de olhar para dentro e refletir sobre o que nos faz humanos, o que precisamos para evoluir e o que, de fato, realmente é importante para a raça humana! O Universo está nos mostrando como encarar a pandemia e sozinhos não venceremos essa luta. Nós precisamos de nós!

Estamos vivendo um momento único: o seu isolamento pode salvar a vida de milhares de pessoas, assim como o meu e o de todos nós. Ficar em casa agora representa muito mais que uma quarentena; é um ato de amor, de solidariedade e de humanidade! Este isolamento é a maior forma de união que podemos ter uns com os outros nesta fase.

Carreira, trabalho, compras, viagens, festas badaladas deixarem de ser prioridades. A ganância, a ambição e o poder - nada disso importa neste momento. É hora de refletir, olhar para dentro e se encontrar com você mesmo.

Não tenha medo, não sinta pavor, mas fique em casa. E caso não possa ficar em casa, proteja-se e acredite: quando tudo isso passar - porque vai passar - algo de espetacular vai ter tocado o coração da humanidade.

O que está acontecendo nada mais é que o Universo, de forma um pouco estranha, conspirando a nosso favor para termos um nível maior de consciência com o outro e enxergarmos a vida com o coração. Até porque, Deus escreve certo por linhas tortas, mas nunca nos abandona! 

A energia pede para que sejamos, de fato, humanos, e possamos vibrar positivamente na mesma sintonia. Espero, de verdade, que possamos entender os sinais, para nos pouparmos de coisas piores no futuro breve. Escutemos os sinais. Eles estão por toda parte! 

Texto: Tina Kara - Numeróloga

Instagram: @tinakara_

 

LEIA TAMBÉM

01858